MUSAMI com campanha pela sustentabilidade

reciclagem_lagoa 

Reutilização e sustentabilidade são as duas palavras de ordem da campanha de sensibilização ambiental que a MUSAMI – Operações Municipais do Ambiente EIM SA se prepara para lançar este verão. Redução do recurso a sacos de plástico é a principal mensagem a transmitir junto das populações, a par de outras sugestões para a introdução de boas práticas ambientais no dia-a-dia.

Tratam-se de gestos simples que para além de serem amigos do ambiente também permitem alguma poupança, isto sempre sem esquecer a importância da separação dos resíduos para a reciclagem. Reduzir, reutilizar e reciclar, é a política que a MUSAMI assume desde a primeira hora em matéria de sensibilização ambiental, refere uma nota, hoje divulgada.

Ciente do impacto do uso dos sacos de plástico no ambiente ao nível da contaminação de solos, recursos hídricos e implicações na biodiversidade, a MUSAMI avança com campanha prevendo a distribuição de sacos reutilizáveis pelas populações para além de ecopontos domésticos.

Recorda a nota de imprensa, que foi aprovada recentemente uma resolução no Parlamento Europeu com vista à redução do uso de sacos de plástico em 80% até 2019. O uso de sacos de plástico deverá ser reduzido em 50% até 2017, e 80% até 2019, em relação aos níveis de 2010.

Esta semana foi publicado em Diário da República o Decreto Legislativo Regional que cria medidas para a redução de consumo de sacos de plástico prevendo a aplicação de uma taxa dentro de um ano nas grandes superfícies comerciais.

Dados da MUSAMI dão conta que da entrada no Ecoparque da Ilha de São Miguel 76.737 toneladas de resíduos, sendo que 10.625 foram encaminhados para valorização/reciclagem, enquanto 56.207 foram depositados em aterro sanitário, durante o ano de 2013.

No que toca aos resíduos para reciclagem, é o papel/cartão que lidera com 2258,20 toneladas, seguindo-se o vidro com 1910,30 toneladas, e o plástico/metal a atingirem as 1414,40 toneladas. Os resíduos de jardinagem ascenderam às 3903,50 toneladas para produção de fertilizante orgânico.

DL/MUSAMI

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário