Vasco Cordeiro destaca importância de audições para definição estratégica do Plano de Investimentos para 2019

O Presidente do Governo destacou a importância da ronda de audições a parceiros sociais e partidos políticos para a definição das grandes linhas estratégicas do Plano de Investimentos para o próximo ano, salientando a concordância generalizada sobre o novo ciclo que se vive na economia da Região.

Vasco Cordeiro falava no final da ronda de audições com os parceiros sociais e com os partidos políticos, que decorreram em Ponta Delgada, com vista à elaboração das propostas de Plano e Orçamento para 2019, que serão apresentadas à Assembleia Legislativa no final de outubro.

Acompanhado do Vice-Presidente do Governo, o presidente do governo recebeu os representantes da Federação das Pescas dos Açores, da Federação Agrícola dos Açores, da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, da UGT, da CGTP-IN, do PCP, do BE, do CDS/PP, do PSD e do PS.

No final destes encontros, o Presidente do Governo constatou a “identidade de visões” quanto ao sentido estratégico com que deve ser elaborado este Plano de 2019, tendo em conta a referência, por parte de vários parceiros sociais e partidos políticos, a áreas que constituem matérias em que o Governo dos Açores já está a atuar e a implementar medidas.

Em declarações aos jornalistas, Vasco Cordeiro adiantou que um segundo aspeto tem a ver com a qualidade dos serviços públicos, nomeadamente nas áreas da Saúde e da Educação, com o Executivo açoriano a desenvolver medidas de reforço dos recursos humanos e de promoção do sucesso escolar dos alunos açorianos.

No final das audições, o Presidente do Governo destacou, por outro lado, a atenção que têm merecido os aspetos que contribuem para a coesão, do ponto de vista de dotar cada uma das ilhas de infraestruturas que garantam melhores condições de vida, mas também ao nível da criação de emprego e das acessibilidades.

De salientar que no final deste mês, terá lugar a reunião do Conselho Regional de Concertação Estratégica para análise das propostas de Plano e Orçamento da Região Autónoma dos Açores para o próximo ano, que serão depois aprovadas em Conselho do Governo e entregues na Assembleia Legislativa para debate e votação em plenário.

DL/Gacs

 

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário