Técnicos de diagnóstico e terapêutica em greve e com concentrações em 5 ilhas

Foto: DR

Os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica dos Açores estão em greve esta quarta-feira, 8 de julho, como forma de protesto contra a recusa, por parte do Governo regional, em negociar para a região, a revisão da carreira e os descongelamentos a aplicar a estes profissionais de saúde.

De acordo com o Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica (STSS), esta é a primeira greve exclusivamente regional dos priofissionais. 

Estão previstas concentrações em simultâneo, em cinco das nove ilhas dos Açores. Em São Miguel, os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica vão-se juntar em frente ao Palácio de Santana, em Ponta Delgada, na Terceira, está prevista uma concentrações em frente à Secretaria Regional da Saúde, no Faial, junto à Assembleia Legislativa Regional. Em São Jorge, os profissionais de saúde vão-se juntar em frente à representação da Assembleia Legislativa e em Santa Maria junto à Unidade de Saúde de Ilha.  

O Presidente do STSS espera que “nos Açores, à semelhança do que aconteceu na Madeira, o acordo possa ir mais além do que aconteceu no continente”. Luís Dupont sublinha que “é objetivo do STSS encontrar soluções para a Região Autónoma dos Açores semelhantes às encontradas na Região Autónoma da Madeira que são, notoriamente, mais favoráveis para os colegas”. 

Os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica querem ver as suas carreiras descongeladas na nova tabela salarial, independentemente do vínculo laboral,  em vez de descongelarem na antiga tabela, bem como verem reestruturadas as carreiras em três categorias. Defendem também uma grelha salarial equiparada a outras carreiras da Administração Pública.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário