Teatro Micaelense acolhe dois concertos do Azores Festival

© D. R.

Hoje e amanhã, dias 4 e 5 de novembro, o Teatro Micaelense acolhe dois concertos da edição 2022 do Azores Festival. Hoje à noite, o violoncelista Florian Berner apresenta-se com o recital “As Suites de Bach”, composto pelas seis suites para violoncelo solo de Johann Sebastian Bach.

No sábado, o pianista Christoph Berner e o violinista Régis Bringolf juntam-se a Florian Berner para interpretarem “300 Anos de Música”, um concerto cujo programa abrange mais de 300 anos de história da música: de Johann Sebastian Bach (1685-1750) a Franz Schubert (1797- 1828), de Leo Ornstein (1892-2002) a Philippe Hersant (*1948).

Florian Berner é violoncelista, membro fundador do Quarteto Hugo Wolf e do Alban Berg Ensemble de Viena, e professor de música de câmara e violoncelo na Universidade de Música e Artes de Viena.

Christoph Berner é um dos mais prestigiados pianistas austríacos. Foi solista de orquestras como a Moscow Tchaikowsky Orchestra, a Orchestra National du Capitole de Toulouse, a Dresden Philharmonie, a Philharmonie Bergen, a Northern Sinfonia, a New Philharmonie Westfalen e a Mahler Chamber Orchestra.

A cooperação com músicos de câmara e cantores internacionalmente reconhecidos resultou num vasto conhecimento do repertório de piano, desde Bach até à música contemporânea.

O violinista Régis Bringolf é cofundador do quarteto Hugo Wolf do Alban Berg Ensemble de Viena. Foi ainda convidado da Orquestra Juvenil Gustav Mahler e da Camerata Salzburg, tendo trabalhado com maestros como Claudio Abbado, Ricardo Chally, Sandor Vegh, entre outros.

O Azores Festival é uma iniciativa da Associação Cultural Jazzores. Os bilhetes para os concertos no Teatro Micaelense têm um preço de dez euros e podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Micaelense e em bol.pt

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário