Taxa de execução do PRORURAL+ nos Açores atingiu 43,5% em junho

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas revelou que a taxa de execução do Programa de Desenvolvimento Rural da Região Autónoma dos Açores, denominado PRORURAL+, fixou-se nos 43,5% em junho, um dado que coloca os Açores no pódio das taxas de execução de fundos comunitários a nível europeu e nacional.

João Ponte adianta que já foram apresentados mais de 13 mil projetos ao PRORURAL+, que resultaram num investimento elegível superior a 400 milhões de euros.

“Estes valores, do ponto de vista do Governo Regional, são satisfatórios, mas, sobretudo, demonstram uma grande capacidade por parte dos agricultores em investir, em modernizar as suas instalações, no fundo, em preparar as suas explorações para os desafios do futuro”, frisou o titular da pasta da Agricultura.

Para João Ponte, “este é também um sinal de confiança no setor, porque ninguém investe num setor em que não vê futuro e em que não confia”.

O Secretário Regional salientou que há ainda um caminho a percorrer para atingir a execução plena do atual quadro comunitário, alegando que, à semelhança dos anteriores quadros, a plena execução das verbas disponíveis é fundamental para se poder preparar e estruturar a agricultura nos Açores para os desafios do pós 2020.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário