Log in

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Estrela reabre ao culto a 12 de maio

© IGREJA MATRIZ RIBEIRA GRANDE

A igreja Matriz de Nossa Senhora da Estrela, na Ribeira Grande, reabre ao culto a 12 de maio, após cerca de quatro anos fechada para profundas obras de recuperação, restauro e conservação. A missa de reabertura do templo está agendada para as 16h00 e será celebrada pelo bispo de Angra, D. Armando Esteves Domingues.

Do programa festivo consta ainda uma conferência subordinada ao tema “Como reconstruir uma igreja”, agendada para 15 de maio e, no dia 25, a Sinfonieta de Ponta Delgada dará um concerto comemorativo da reabertura no local. Também está previsto que as celebrações de Nossa Senhora de Fátima, a 13 de maio, já ocorram na igreja Matriz de Nossa Senhora da Estrela.

Ao longo dos últimos quatro anos – fechada ao culto desde 2020 – a igreja foi alvo de obras de recuperação, restauro e conservação, num total de investimento que ascende aos dois milhões de euros.

As intervenções efetuadas foram desde a substituição da cobertura interior à recuperação dos tetos interiores que já davam sinais de poder desabar e restauros da capela de Nossa Senhora da Estrela, dos altares de São Miguel, de Nossa Senhora da Aflição e de Nossa Senhora da Piedade.

Também foram intervencionados os altares de São João, dos Reis Magos, do Sagrado Coração de Jesus e de Santo Antão, Santo António e de Nossa Senhora da Soledade, sendo que os do Santíssimo e do batistério ficarão para mais tarde, já após a reabertura da igreja ao culto, uma vez que são altares isolados, com porta, que podem ser restaurados sem comprometer o normal funcionamento da igreja.

Os trabalhos realizados incluíram a substituição do soalho, pinturas de murais, paredes interiores e anexos e uma nova sacristia, à entrada do templo, no lado oposto ao arquivo. A sacristia primitiva dará lugar a uma sala-museu.

O órgão, que já havia sido recuperado, foi tapado para não sofrer quaisquer danos com as obras em curso, sendo que agora que estão a terminar será retocado e aspirado. Os trabalhos de retoque serão ao nível das madeiras e talha dourada, acompanhados pelo organista de modo a garantir que o órgão esteja operacional aquando da reabertura da igreja.

Esta é uma empreitada orçada em cerca de dois milhões de euros, sendo que sessenta por cento é suportado por investimento público e os restantes quarenta por cento são da responsabilidade da Igreja. Em donativos, já foram angariados quase 300 mil euros e está em curso uma campanha na plataforma GoFundMe cujo objetivo é angariar 25 mil euros.

Nordeste desenvolve obras em várias frentes

© CM NORDESTE

Estão em curso várias obras no concelho do Nordeste, por administração direta, que visam melhorar as condições existentes e o usufruto dos espaços públicos por parte dos munícipes e visitantes. São cerca de uma dezena as empreitadas em desenvolvimento que vão desde a melhoria dos equipamentos do parque escolar à manutenção/conservação de elementos arquitetónicos locais.

Desde logo, a manutenção das vedações e equipamentos desportivos no campo exterior da escola básica/secundária do Nordeste, proporcionando assim melhores condições à prática desportiva por parte dos alunos que frequentam aquele estabelecimento de ensino.

A Câmara Municipal do Nordeste também está a reabilitar a Casa do Passal, na Lomba da Fazenda, o moinho da ribeira do Guilherme (reparação da armação e telhado) e procedeu à pintura do fontenário e paragem de autocarros em São Pedro Nordestinho, freguesia esta onde também estão a ser reparados os passeios na rua Dinis da Luz.

Prosseguem, igualmente, os trabalhos de reparação da joga no jardim municipal, na vila, a reabilitação da praça central e de edifício municipal a sede da Junta de Freguesia de Santana, bem como a construção de três moradias na rua José Pacheco Monte, na vila, destinadas a habitação social. Entretanto, foi concluído o aumento do parque industrial (infraestruturas, arruamentos, passeios e estacionamento).

António Miguel Soares visita obras em curso no Nordeste

© CM NORDESTE

O presidente da Câmara Municipal do Nordeste, António Miguel Soares, visitou algumas das obras em curso em várias freguesias do concelho, constatando o bom andamento das mesmas tendo em vista a melhoria das condições até então existentes.

O autarca começou por visitar a requalificação do jardim e envolvente à Ponte dos Sete Arcos, na vila do Nordeste, obra que se encontra em fase de acabamentos. Mais ao lado, visitou a requalificação do mercado municipal e a construção das três moradias de habitação social, também na sede do concelho.

Na freguesia de Santana, António Miguel Soares visitou a requalificação da praça principal e moradia envolvente do centro urbano, sendo esta a empreitada do município que avançou mais recentemente.

Na passagem pelas empreitadas em execução, o edil visitou também a reabilitação por administração direta que está a ser realizada na Casa do Passal da Lomba da Fazenda.