Suspeito de cinco furtos fica em prisão preventiva

© D.R

A PSP de Ponta Delgada deteve um homem, com 22 anos, fortemente indiciado da prática de cinco crimes de furto qualificado cometidos através de assaltos a estabelecimentos comerciais em Ponta Delgada. Ao indivíduo, já com antecedentes criminais, foi decretada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

No âmbito de um inquérito desenvolvido por investigadores da brigada de serviço permanente da PSP e sob a direção de um magistrado do DIAP de Ponta Delgada, foram desenvolvidas diversas diligências policiais e processuais as quais vieram a permitir a recolha de indícios e consequentemente a identificação do autor de vários crimes de furto qualificado de material tecnológico e em armazéns de venda de artigos diversificados.

Com base nos elementos probatórios recolhidos pelos investigadores foi desenvolvida uma operação policial que permitiu dar cumprimento a uma busca domiciliária à residência do suspeito, tendo sido possível detetar e apreender um vasto número de objetos relacionados com os assaltos cometidos pelo arguido, particularmente dois computadores portáteis, um tablet, uma coluna de som, entre outros artigos tecnológicos, alegadamente relacionados com outros ilícitos.

No decurso das diligências efetuadas pela PSP foi, ainda, possível apurar que o arguido já havia sido detido duas vezes, nos primeiros meses de 2022, precisamente por crimes de violência após subtração e tentativa de furto qualificado a um posto de abastecimento de combustível situado no concelho da Ribeira Grande. Decorrente das apreensões efetuadas no decurso da operação e por terem sido reunidos elementos de prova que apontam para o arguido enquanto principal responsável da prática de, pelo menos, cinco assaltos a estabelecimentos ocorridos no espaço de apenas quatro meses, procedeu-se à correspondente detenção do suspeito por ordem de autoridade de polícia criminal.

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário