Serviço Regional de Saúde com 500 milhões para 2021

© DL

O secretário da Saúde e Desporto do Governo dos Açores disse hoje que o valor previsto para o Serviço Regional de Saúde (SRS) no Plano e Orçamento da região para 2021 é de 500 milhões de euros.

“Em termos de verbas, algo que é sempre muito esperado que se identifique nesses debates e análises, em termos de Plano e Orçamento para o SRS temos previsto cerca de 500 milhões de euros. É o montante que está previsto para 2021, cerca de 500 milhões de euros”, reforçou Clélio Meneses.

O governante com a tutela da Saúde no governo de coligação PSD/CDS/PPM falava hoje na Assembleia Regional, na cidade da Horta, ilha do Faial, na comissão de Assuntos Sociais.

Clélio Meneses realçou que o investimento para a saúde em 2021 na região representa um acréscimo de 13,67% face ao ano anterior, quando foram executados 437 milhões de euros.

Ao nível da direção regional da Saúde, Clélio Meneses avançou que serão executados 7,8 milhões, quando em 2021 esse valor foi de 2,6 milhões. 

O secretário regional ressalvou, contudo, que o atual executivo, ao contrário do anterior, passou alguns valores do Plano para o Orçamento, porque entendeu tratarem-se de despesas correntes.

Clélio Meneses apontou ainda o “combate ao subfinanciamento crónico” e às dívidas do SRS como “algo prioritário na ação do Governo Regional” e destacou que o atual executivo pretende “dar início a um processo de inversão de prioridades na área da saúde” que passa pela aposta na “prevenção e nos cuidados primários”.

Durante a audição, o deputado do Chega José Pacheco salientou a importância da requalificação dos espaços para a prática desportiva e da efetivação da estratégia de combate à toxicodependência.

A social-democrata Ana Quental falou ainda da importância da regularização do pessoal médico e da “estabilidade das equipas”, levando Clélio Meneses a referir que está a ser feito um “levantamento das necessidades permanentes” no setor da saúde.

Pelo PAN, o parlamentar Pedro Neves considerou “extremamente importante” a criação de incentivos para a fixação de médicos em todas as ilhas dos Açores, com “especial atenção” para as ilhas menos populosas.

Catarina Cabeceiras, do CDS-PP, enalteceu o reforço do investimento no SRS e questionou o governante sobre o processo de requalificação do centro de saúde das Velas, em São Jorge.

Em resposta, Clélio Meneses afirmou que o processo se encontra na “fase final de alteração do projeto”, já que teve de ser reformulado.

O deputado socialista Vílson Ponte Gomes realçou a importância do investimento na atividade associativa no desporto e dos apoios à participação dos clubes nas diferentes provas competitivas.

Durante esta semana decorrem, na cidade da Horta, as audições aos membros do Governo Regional de coligação PSD/CDS-PP/PPM (e apoio parlamentar do Chega e Iniciativa Liberal) no âmbito do Plano e Orçamento da região para 2021.

A proposta de Orçamento dos Açores para este ano é de cerca de 1.900 milhões de euros, dos quais 165,7 milhões destinados ao transporte aéreo e à reestruturação da SATA.

Lusa/DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário