“Sentimos que era altura de prestar um ainda melhor serviço aos lagoenses”

GS Seguros celebra parceria com Una Seguros e aposta em novas instalações no hipermercado Continente na Lagoa

Nova loja localiza-se no interior do maior hipermercado da Lagoa © D.R.

Carlos Rego e Albano Viveiros, são dois jovens micaelenses que arregaçaram as mangas e abriram uma agência de seguros em 2017. Em fevereiro passado deram uma entrevista ao Diário da Lagoa (DL) em que contaram que não tiveram medo de arriscar e revelaram que têm um crescimento anual de 46 por cento. Atualmente a agência tem quatro lojas espalhadas pela ilha de São Miguel, sendo que recentemente decidiram apostar numa nova loja na cidade de Lagoa, ao mudar o espaço que tinham perto da Praça do Rosário para a se colocarem na superfície comercial do Continente, no lugar da Atalhada.

Desta vez surgem com a imagem associada a uma nova companhia de seguros com a qual celebraram uma parceria, revelando uma nova estratégia. As novas cores pertencem à Una Seguros, a “mais recente marca seguradora nacional, após a aquisição da operação da Groupama em Portugal pelo grupo China Tianying (CNTY)”, revela o site da companhia que opera em Portugal.

Quisemos saber mais e, a partir da Lagoa, numa chamada para território continental, falamos com o diretor comercial, Carlos Lemos, que está no ramo há 35 anos e que nos explica que o nome é “Una no sentido de una-se a nós, este sentido de união e consolidação”. 

“Desde há um ano e meio, sensivelmente, alargamos a nossa operação também para os Açores”. O objetivo, explica, “é alargar a nossa presença física, a colaboração com outros parceiros, com visibilidade nas ilhas açorianas”, diz o diretor comercial.

Confrontado sobre o que espera da parceria com a agência dos jovens micaelenses, conta-nos que, numa visita que fez a São Miguel, teve uma reunião com eles e com o gestor local da Una Seguros, João Ornelas. “Gostei da atitude destes dois jovens, com uma vontade de empreendedorismo, de investir na terra deles, de onde são originários, achei que era uma oportunidade de dar-lhes um sinal de confiança”. O empresário conta como desafiou Carlos e Albano a tentar a avançar para “uma outra coisa com outra visibilidade” sendo dessa forma que chegaram ao novo espaço. 

João Ornelas, empresário terceirense já com 20 de anos de experiência na área dos seguros, residente na Lagoa, é o gestor local da Una Seguros. Começa por dizer que trata-se de “uma marca nova mas obviamente com gente com experiência e que conhece muito bem a região e o mercado regional, nomeadamente São Miguel”, destaca.

Ornelas aponta o facto de que “fora de Ponta Delgada há oportunidades. Há um potencial de crescimento muito grande na Lagoa” e que por isso “fazia sentido apostar aqui”, enquanto destaca a proximidade com o Hospital Internacional dos Açores, como um facto decisivo, pois “os seguros de saúde são uma área em franco crescimento e, infelizmente, pelos motivos que nós sabemos”, conta.

Há um potencial de crescimento
muito grande na Lagoa”

JOÃO ORNELAS

O gestor acrescenta ainda que “os seguros no fundo é uma atividade de pessoas para pessoas, por isso é que a grande parte dos seguros são vendidos pelos agentes, são eles que conhecem os clientes, são eles que os acolhem no momento de stress, quando acionar o seguro, e para isso não nos basta só uma linha telefónica ou um sistema informático. É preciso que quem esteja do lado de lá perceba o momento de stress ou algum caso particular que necessite de um maior cuidado. A nossa aposta é também uma grande proximidade seja a GS ou com qualquer um dos outros agentes com quem nós trabalhamos”.

Carlos Rego assegura que na sua agência, a GS, “há um objectivo-base incutido em todos os que compõem a nossa equipa: fazer mais e melhor todos os dias”, enquanto conta que a decisão vem neste sentido e que passados quase dois anos de marcarem presença na Lagoa, “sentimos que era altura de prestar um ainda melhor serviço aos lagoenses e que isso só poderia ser feito com a mudança de instalações”.

Já Albano Viveiros, de forma direta, aponta três motivos: “os acessos mesmo junto às entradas e saídas da via rápida, o horário alargado das 9h às 19h de segunda a sexta, e sábado das 9h às 13h – brevemente iremos abrir ao sábado à tarde – e a comodidade para as pessoas” alegando que podem fazer as suas compras e tratar de Seguros e Créditos na loja, “antes, durante ou depois”.

Albano acrescenta ainda que a companhia “foi muito clara connosco, sempre nos disse que o objetivo era ter condições especiais e que queriam ser uma mais valia para a Lagoa, apoiando e sendo parceiros das instituições, dos pequenos negócios e empresas”.

“Não temos qualquer razão para não estarmos otimistas quanto ao futuro. Tudo aquilo a que nos temos proposto temos conseguido atingir e até superar. Somos uma empresa com ambições fortes, com estratégias definidas e objetivos traçados. Não queremos de forma alguma estagnar. Vamos continuar sempre a querer fazer mais e melhor”, enquanto Albano aproveita e diz que têm campanhas especiais de seguros que “cobrem até 80% das despesas e que têm acordo com o Hospital Internacional dos Açores (HIA)”.

Viveiros, avança que nem só de seguros vive a agência: “fechamos recentemente um acordo com uma empresa de Entrega e Recolha de encomendas de uma empresa internacional muito conhecida e que vai estar disponível em todas as nossas lojas, inclusive na loja do Hiper Continente de Lagoa. Vai permitir a todas as pessoas encaminharem as suas encomendas para as nossas lojas, por exemplo, porque na hora de entrega não estavam em casa) e assim poderem ir buscá-las dentro do nosso horário, ou utilizar as nossas lojas para o envio de encomendas, tudo feito no dia, e super-rápido”.

DL Empresas

Artigo publicado na edição impressa de julho de 2022

Categorias: DL Empresas, Reportagem

Deixe o seu comentário