Saúde na Primavera

Foto: DR

Refletindo a nossa essência como seres-vivos que reconhece e segue os princípios de uma alimentação biológica, a que obedece o percurso natural da natureza, observa-se que o inverno é o período de recolha máxima onde o homem necessita de uma alimentação mais nutritiva, tem menor actividade física, mais horas de sono e tem um pequeno aumento de peso, normal, de 2 a 3 quilos, que devem ser perdidos na Primavera. Nesta nova de transição entre a Primavera e o Verão, precisamos de uma alimentação mais leve, já que o nosso corpo precisa de menos calorias para manter a temperatura equilibrada. Estas épocas representam o recomeço, a criação. As plantas voltam a brotar, crescer e florir. É o período ideal para desintoxicar o organismo do ano, pois este tem maior facilidade em eliminar o que já não precisa, e a fase mais adequada para adoptar um padrão alimentar equilibrado.

Uma vez que os dias agora tornam-se mais quentes é importante optar por alimentos leves e frescos, sem esquecer da água para manter a hidratação do corpo. Numa alimentação nutricionalmente equilibrada, devemos usar diariamente as quatro cores entre produtos hortícolas e frutas, como os amarelos/alaranjados, vermelhos/arroxeados, verdes e brancos. Contudo há sempre uma cor que deve ser utilizada com maior frequência a cada estação do ano. A cor predominante na natureza na Primavera é o verde, ou seja esta deve ser a cor com a qual devemos colorir a maioria dos nossos pratos. Ora os alimentos verdes, predominantemente produtos hortícolas folhosos, ervas aromáticas frescas e algumas frutas, além de serem tónicos e depurativos para o nosso sistema digestivo, são excelentes fontes de vitaminas e minerais essenciais ao bom funcionamento do organismo. Invista no consumo desses mesmos alimentos crus na forma de saladas, em sandes ou levemente refogados, invista nos cereais integrais, leguminosas e o mínimo necessário de proteína de origem animal como carne, ovo e queijo, por forma a aproveitar ao máximo as propriedades inatas desses alimentos, reforçando assim a nossa energia vital. Assim, como sugestão, comece o dia com um bom batido de frutas frescas da época com aveia e iogurte natural. Inicie o almoço por uma boa salada, seguido do prato principal e termine o dia com uma boa sopa rica em verduras e leguminosas. Entre as refeições, dependerá da sua atividade diária, pode lanchar apenas frutos secos e fruta fresca ou, uma pequena torrada (pão, preferencialmente escuro, integral, alfarroba, mistura ou sementes) com abacate (como substituto da manteiga), ou ovo, ou uma boa compota.

Aproveite ainda o vigor da Primavera para relaxar por uns instantes antes de começar uma refeição preparando o corpo para receber o alimento de maneira agradável. Não devemos comer com pressa ou sob qualquer tipo de stress pois o lado emocional interfere tanto positivamente como negativamente no nosso metabolismo. Respirar profundamente, mastigar bem, comer somente o que é necessário, permitirá ao nosso organismo uma digestão perfeita. Portanto, merece a pena reeducar os nossos hábitos guiando-nos pelas recomendações que obedecem as leis da natureza garantindo assim não só o nosso bem-estar como também a prevenção de problemas de saúde para a próxima estação.

Catarina Rola, Nutricionista

A Sua Saúde Sempre

(Artigo publicado na edição digital de maio de 2020)

Categorias: Saúde

Deixe o seu comentário