São Miguel e Graciosa registam dois casos de covid-19

FOTO DR

Decorrentes das 1.382 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da Região nas últimas 24 horas, foram diagnosticados dois casos positivos de covid-19 na ilha de São Miguel e na ilha Graciosa.

O caso diagnosticado em São Miguel reporta-se a um homem com 49 anos que desembarcou na região a 25 de agosto proveniente do continente europeu, tendo obtido teste de despiste ao vírus SARS-CoV-2 negativo à chegada e teste de despiste após o sexto dia positivo para a covid-19.

O caso apresenta situação clínica estável e foram já diligenciados, pela delegação de saúde concelhia, os procedimentos definidos para caso confirmado, testagem e vigilância de contactos próximos.

No que se refere ao caso positivo diagnosticado na ilha Graciosa, trata-se de um  homem com 31 anos a quem havia já sido diagnosticada a doença COVID-19 durante a sua estada em território continental. Foi dado como recuperado pelas autoridades de saúde correspondentes sendo atualmente considerado como portador de remanescências do vírus e, portanto, não contagioso.

De notar ainda que dois indivíduos do sexo feminino, não residentes, com 21 e 43 anos de idade, cumprindo os critérios de cura para a covid-19 em território continental, saíram da Região, regressando assim à origem.

Assim, até ao momento, foram detetados na Região 226 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19, verificando-se atualmente 30 casos positivos ativos, dos quais 27 na ilha de São Miguel, dois na ilha Terceira e um na ilha do Pico.

DL/SRS

Categorias: Saúde

Deixe o seu comentário