Ribeira Grande aposta na economia circular

Decorreu na Ribeira Grande o terceiro encontro da rede “RURBAN Link: Ligações circulares entre áreas urbanas e rurais”, uma das quatro redes de cidades circulares apoiadas pela Iniciativa Nacional Cidades Circulares (InC2), um programa do ministério do Ambiente que visa apoiar e capacitar os municípios e as suas comunidades na transição para a economia circular.

A sessão de abertura do evento, realizada no salão nobre dos Paços do Concelho, contou com a presença do presidente da câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio que, na ocasião, realçou a importância deste projeto para o desenvolvimento do concelho, sobretudo sendo este o mais jovem do país, e destacou o estreito envolvimento do executivo camarário com a rede.

Para o autarca, há uma janela de oportunidades que se abrem com a economia circular, assim como desafios que se colocam, pelo que há que ter um conjunto de abordagens preparadas para um melhor aproveitamento dos apoios do novo quadro comunitário 2030.

“A economia circular assume um papel fulcral no desenvolvimento sustentável do nosso município, sobretudo agora com os efeitos sentidos ao nível da inflação. Neste sentido, a criação de valor que a rede gera ao nível da troca de ideias e conhecimentos, poderá significar a adoção e adaptação de projetos muito interessantes e inovadores em áreas estratégicas que potenciam as ligações circulares”, referiu Gaudêncio.

O 3.º encontro da rede RURBAN Link cumpriu com todos os objetivos que estavam definidos e permitiu às cidades continuar a trabalhar no desenvolvimento dos seus planos de ação. Já estão definidas as datas dos próximos encontros, sendo que o projeto culmina com a realização da conferência nacional final, em maio do próximo ano.

© LUÍS FURTADO/CMRG

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário