Requalificação de lixeira clandestina em S. Miguel já permitiu plantar mais de 350 plantas endémicas

SONY DSC

A Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente promoveu a realização de mais uma ação de limpeza e arborização no âmbito da requalificação da área florestal populamente conhecida como ‘Matinho sem Dono’, na freguesia de Santa Bárbara, de onde já foram retiradas mais de 30 toneladas de lixo e plantadas 357 plantas endémicas.

A ação, integrada num projeto iniciado em 2011, envolveu técnicos e guardas florestais do Serviço Florestal de Ponta Delgada e cerca de duas dezenas de jovens que frequentam a Quinta do Norte, da Associação Norte Crescente, denominados ‘Eco-Guardiões’, que plantaram 107 plantas de louro e pau branco.

Esta iniciativa integra também o programa de ações de sensibilização promovidas, individualmente ou em parceria, pela Direção Regional dos Recursos Florestais para a importância da mudança de comportamentos e atitudes, do voluntariado e da promoção da biodiversidade, que inclui a colaboração com os estabelecimentos de ensino dos Açores.

Nesse sentido e no âmbito do Workshop de Orientação da Carreira denominado ‘Visto a camisola de …’, os alunos da Escola Básica e Secundária das Flores visitaram as instalações do Serviço Florestal da ilha, inteirando-se da sua história e das funções desempenhadas pelos técnicos superiores, mestres florestais, assistentes técnicos e operacionais.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário