Renováveis representaram 39% da energia produzida nos Açores em 2018

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo revelou que a produção de energia a partir de fontes renováveis e recursos endógenos nos Açores atingiu 39% no ano passado, um valor se que se pretende que “seja crescente, de ano para ano”.

Marta Guerreiro salientou que esta perspetiva “se deve a um conjunto de investimentos em curso e outros já concretizados, com o foco na produção de energia a partir de fontes renováveis e recursos endógenos”.

Com base na segurança e na qualidade do abastecimento, na eficiência energética, na redução da dependência externa de combustíveis fósseis e na consequente redução de emissão de gases com efeito de estufa, a titular da pasta da Energia sublinhou a importância para este objetivo do projeto ‘Graciólica’, que visitou no âmbito da visita estatutária do Governo à ilha Graciosa.

A Secretária Regional frisou que se trata de “um projeto inovador, com projeção a nível europeu, que colocará a ilha Graciosa na linha da frente em termos do aproveitamento dos recursos naturais renováveis para a produção de energia, em combinação com armazenamento, que é uma prática pioneira”.

“Este projeto de investimento, orçado num valor total de 22,5 milhões de euros e com uma duração prevista de 20 anos, foi reconhecido como de interesse regional, tendo recebido aproximadamente 4,5 milhões de euros em subsídios não reembolsáveis”, acrescentou.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário