PSP da Lagoa detém três pessoas em flagrante delito

© D.R.

Foram detidos em flagrante delito dois homens e uma mulher, de 32, 24 e 22 anos, respetivamente, pela presumível autoria de um crime de introdução em lugar vedado ao público na freguesia de Santa Cruz, na Lagoa, anunciou hoje, 22 de setembro, o comando regional da PSP.

De acordo com nota de imprensa enviada às redações pelo comando regional, no decorrer do presente mês, chegaram várias notícias anónimas até aos investigadores da brigada da Lagoa enquadrando um cenário típico de tráfico de droga naquela zona histórica da cidade, tendo-se verificado que a população local se encontrava alarmada com este foco de consumidores de drogas.

Atendendo à gravidade do contexto de insegurança social denunciadas e nos termos das medidas cautelares e de polícia, a brigada da Lagoa executou diversas diligências investigatórias. Através dos diversos indícios recolhidos, a polícia refere que foi possível descobrir e identificar o principal suspeito, tendo executado duas buscas, uma domiciliária, e uma não domiciliária em veículo do arguido.

Em Santa Cruz, foi assim apreendido, na posse do suspeito, vinte doses de heroína e diversos objetos relacionados com a sua atividade de traficância.

De acordo com a PSP, as diligências de investigação e a recolha de prova imediatas foram fundamentais para, em tempo útil, ser possível à brigada da Lagoa proceder à detenção, em flagrante delito, do homem de 32 anos pela presumível suspeita da prática de um crime de tráfico de estupefacientes.

O arguido foi apresentado à autoridade judiciária, em tempo útil, tendo sido sujeito a interrogatório não judicial no tribunal judicial de Ponta Delgada, tendo-lhe sido aplicada a medida de termo de identidade e residência.

Categorias: Local

Deixe o seu comentário