PSD propõe “ação concertada” com autarquias na educação

O presidente do PSD/Açores propôs uma “ação concertada” entre a Região e as autarquias açorianas em prol do sucesso escolar, alegando que os últimos resultados revelam o “falhanço” do Governo Regional em matéria de Educação.

Alexandre Gaudêncio, à margem de uma reunião com o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, no âmbito da visita dos deputados do partido ao concelho, salientou que os municípios açorianos recebem, em 2019, cinco milhões de euros do Orçamento do Estado para investir na Educação, tendo dado o “excelente exemplo” da Câmara Municipal de Ponta Delgada no aproveitamento dessas verbas.

O presidente do PSD Açores considerou que “é tempo de reformular as políticas educativas regionais”, tendo defendido uma “aproximação” entre o Governo Regional e as autarquias em matéria de Educação face aos maus resultados da generalidade das escolas açorianas nos rankings nacionais.

No encontro com José Manuel Bolieiro, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Alexandre Gaudêncio tomou conhecimento da série de projetos da autarquia que visam melhorar o sucesso educativo das crianças e jovens do concelho.

Entre as iniciativas do município destacam-se o programa de apoio à criação da Rede Municipal de Bibliotecas Escolares, no âmbito das escolas públicas do primeiro ciclo do ensino básico, o projeto “Ciência Divertida”, com a instalação nas salas de aula de pequenos laboratórios que permitem aos alunos entrarem em contacto com os ensinamentos científicos, e o projeto “Ler (n)o dia”, que promove hábitos de leitura através da entrega diária nas escolas de jornais publicados no concelho.

DL/PSD

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário