Prisão preventiva para mulher que tentou introduzir droga na cadeia

© D. R.

A PSP de Ponta Delgada, através de polícias da esquadra de investigação criminal (EIC), deteve, em flagrante delito, uma mulher de 35 anos, no concelho de Ponta Delgada, por suspeita da prática do crime de tráfico de estupefacientes.

A detenção ocorreu no decurso de uma operação policial desenvolvida pela PSP após ter sido informada de que a suspeita estaria nas imediações do estabelecimento prisional de Ponta Delgada, preparando-se para introduzir produto estupefaciente no interior daquela prisão, aproveitando o momento da visita a um familiar que ali se encontra, em regime de prisão preventiva, a aguardar julgamento, também por tráfico de droga.

A abordagem foi realizada por polícias da esquadra de investigação criminal, coadjuvados por elementos da guarda prisional sendo que, no decorrer de uma revista realizada à suspeita, tendo em vista a recolha de indícios da prática do crime de tráfico de estupefacientes, foi encontrado em sua posse vários tipos de droga, entre elas droga sintética destinada à comercialização no interior daquele estabelecimento prisional.

A suspeita foi presente a primeiro interrogatório judicial e foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa: a prisão preventiva. A introdução de produto estupefaciente no interior de estabelecimento prisional é considerada “crime de tráfico de estupefacientes agravado”, crime pelo qual está a arguida indiciada.

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário