Presidente do Governo regional incentiva “regresso à normalidade”

© MIGUEL MACHADO

O presidente do Governo regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, disse esta sexta-feira, 29 de outubro, que o executivo (PSD, CDS-PP, PPM) está a “mudar o rumo” de algumas políticas para incentivar um “regresso à normalidade” após a pandemia da covid-19.

O líder regional falava aos jornalistas após ter recebido no Palácio de Sant’Ana, sede da Presidência, em Ponta Delgada, a equipa que desempenhou funções, desde o início da pandemia, na linha telefónica de esclarecimento não médico no âmbito da covid-19.

“O fecho desta linha de esclarecimento é também o sintoma que queremos deixar presente: é de que estamos a mudar o rumo para um regresso à normalidade. E também perceber que o convívio com o vírus obrigará a prudência pessoal”, afirmou.

Bolieiro reforçou que a sociedade vai ter de “conviver” com a doença com uma “certa normalidade”, sem, contudo, “abdicar da prudência”.

“Quer o índice de letalidade, quer o número de contágios, quer sobretudo a capacidade instalada no Serviço Regional de Saúde para tratamento no caso de haver internamentos felizmente tem estado assegurada”, afirmou.

Na ocasião, Sónia Massa, psicóloga, que fez parte da equipa de atendimento, salientou que aquela linha telefónica serviu não só para prestar informações úteis como para apoiar “pessoas em situações críticas”.

“Eu não tenho qualquer receio em afirmar que os colegas psicólogos clínicos que estiveram na linha fizeram a diferença em algumas situações em preservar a vida de alguém”, afirmou.

A linha de assistência não médica no âmbito da covid-19 funcionou entre 14 de março até esta sexta-feira.

Durante esse período, os colaboradores deram resposta a 81239 emails e chamadas.

Lusa/ DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário