Log in

Ponta Delgada assinala Dia Mundial da Bengala Branca

© CM PONTA DELGADA

A vereadora da Câmara de Ponta Delgada, Cristina do Canto Tavares, participou nas comemorações do Dia Mundial da Bengala Branca, organizado pela delegação dos Açores da ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal.

A cerimónia teve lugar na sede da delegação da ACAPO Açores que, segundo a vereadora com o pelouro da Ação Social, desenvolve um “trabalho meritório em benefício das pessoas invisuais e amblíopes, neste concelho e na região”.

Para Cristina do Canto Tavares, assinalou-se este dia “com excelentes apresentações, que proporcionaram tanto uma aprendizagem pessoal e institucional sobre o sistema de pedidos de apoio existente para a pessoa com deficiência, como uma reflexão sobre o muito que já foi feito em Portugal continental e nos Açores para a verdadeira inclusão e aumento das potencialidades, quer a nível laboral, quer a nível do quotidiano, da pessoa invisual”.

Durante a sua intervenção, a responsável autárquica deu nota de algumas medidas que a Câmara de Ponta Delgada tem vindo a trabalhar e a desenvolver com vista a apoiar as suas instituições particulares de solidariedade social, como é o caso da ACAPO, e começou por lembrar que “temos um protocolo de apoio anual às IPSS destinado a obras de beneficiação das suas instalações. Este é um apoio, que foi criado em 2022, e qualquer IPSS do concelho pode candidatar-se”.

A vereadora referiu que “o município também disponibiliza às IPSS um apoio para projetos anuais, que possibilita, por exemplo, a atribuição de quinze mil euros para a contratação de um técnico superior e, paralelamente, ainda existe um apoio para as despesas anuais correntes destas instituições, com vista a ajudá-las a manter-se de portas abertas e com condições para cumprir a sua nobre missão”.

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.