Passageiros que cheguem com teste feito vão receber 35 €

FOTO DL

O Governo Regional anunciou a concretização do voucher Destino Seguro Açores, uma medida que surge como um “incentivo financeiro à realização de testes de despiste ao SARS-CoV-2 prévios ao embarque para os Açores, utilizável exclusivamente na aquisição de bens ou serviços na Região, em atividades do setor turístico.”

Da medida criada podem beneficiar todos os passageiros que desembarquem nas ilhas de Santa Maria, São Miguel, Terceira, Pico e Faial provenientes de aeroportos localizados em zonas consideradas pela Organização Mundial de Saúde como sendo zonas de transmissão comunitária ativa ou com cadeias de transmissão ativas do vírus SARS-CoV-2, que apresentem teste de despiste negativo prévio ao embarque para a região e que preencham o Questionário de Avaliação do Risco e Deteção Precoce na ferramenta My Safe Azores.

O voucher Destino Seguro Açores traduz-se num incentivo financeiro de 35 euros, válido por dois meses e utilizável exclusivamente na aquisição de bens ou serviços na região, em estabelecimentos da rede de aderentes que desenvolvam a sua atividade no âmbito do setor do turismo.

Para usufruir deste incentivo, no ato de preenchimento do Questionário de Avaliação do Risco e Deteção Precoce na ferramenta My Safe Azores, o passageiro seleciona a opção beneficiar do voucher Destino Seguro Açores, sendo que, após validação do teste negativo pela Autoridade de Saúde Regional, o voucher é remetido para o endereço de correio eletrónico constante do referido questionário.

Esta medida contempla um investimento de 1,2 milhões de euros, tendo sido aprovada em Conselho do Governo, reunido em Ponta Delgada, a 9 de outubro.

O início do período de adesão dos estabelecimentos à rede de aderentes, bem como da atribuição dos incentivos, será definido por despacho a publicar no decorrer desta semana.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário