Paróquia de Santa Cruz promoveu encontro informal no âmbito da Pastoral das Vocações

encontro_informal_vocacional

14 jovens, seminaristas e pré candidatos ao Seminário  Episcopal de Angra, encontraram-se  na paróquia de Santa Cruz da Lagoa para partilharem experiências de vida numa iniciativa promovida no âmbito da Pastoral das Vocações e Ministérios, cujo responsável diocesano é o reitor do Seminário, Pe Hélder Miranda Alexandre e que contou com a colaboração do pároco de Santa Cruz, Pe Nuno Maiato. 

Neste encontro “informal”, em que estiveram presentes dois candidatos ao ano zero do Seminário, um da Relva e outro da Ajuda da Bretanha, das ouvidorias de Ponta Delgada e Capelas, respetivamente, participaram também jovens, mais velhos, que se reaproximaram da igreja e que encaram a possibilidade de entrar para o Seminário com vista ao sacerdócio. 

A vivência no seminário, o dia a dia de um jovem estudante dentro da “Casa”, o plano curricular do sexénio e o caminho de discernimento que é proposto foram alguns dos temas abordados. 

“Ninguém entra no Seminário com a certeza absoluta que vai ser padre. Mas o facto de arriscar significa que está disponível para iniciar uma caminhada que corresponde a um apelo mais forte”, frisou Nuno Maiato. 

Entre os presentes estavam jovens que terminaram agora o 12º ano, outros que já completaram o ano propedêutico e vão iniciar o sexénio, no próximo ano letivo e jovens, mais maduros, que ponderam a entrada no Seminário depois de uma vida profissional fora de um contexto eclesial. 

É o caso de Francisco, um jovem de 27 anos, licenciado em Política Internacional que “gostava de servir Deus de outra forma”. Comprometido com a Igreja, depois de um período “normal” de afastamento, sente hoje “um apelo diferente”. 

“Tenho muitas dúvidas e sobretudo receio de ter de abdicar de muita coisa que já conquistei. Mas, ao mesmo tempo, sinto falta de servir Deus de outra forma”, disse ao Portal da Diocese. 

Mais decidido está João que este ano, depois de ter completado o 12º ano no ensino regular, vai para  a ilha Terceira, em busca da concretização “de um sonho”.  

O Encontro de hoje decorreu nas instalações do futuro Centro paroquial de Santa Cruz, junto à Igreja Matriz; seguiu-se a Eucaristia, com pregação do Pe Paulo Vieira, mebro da equipa paroquial da pastoral juvenil e vocacional, e depois um almoço convívio. 

Estes encontros informais são desenvolvidos ao longo do ano em várias paróquias da diocese de Angra.  Na semana das Vocações  e na semana dos Seminários intensificam-se as ações com um périplo dos seminaristas por várias paróquias para contactos com jovens, sobretudo alunos das escolas e da catequese.

DL/Diocese

Categorias: Sem categoria

Deixe o seu comentário