Orquestra Juvenil de Lagoa apresentada na abertura das festas de Santo António

© CM LAGOA

Inserida na sessão solene de abertura das festas de Santo António, amanhã, 10 de junho, a Orquestra Juvenil de Lagoa (OJL) apresenta-se ao público pelas 19h00, na igreja do Convento de Santo António, em Santa Cruz.

A Orquestra Juvenil de Lagoa, constituída com o apoio da câmara municipal de Lagoa, fará a entoação do Hino dos 500 anos, tendo a sua letra resultado de um concurso dirigido a alunos do nono ao 12.º ano das escolas do concelho da Lagoa.

No concerto de apresentação da OJL, o maestro Luís Paulo Moniz dirige o reportório, onde estão incluídos temas como «Aladdin – arr. Michael Sweeney»; «Highlights from Mary Poppins – arr. Sean O’Loughlin»; «Pirates of the Caribbean Medley – arr. Kazuhiro Morita»; «Beauty and the Beast – arr. Calvin Custer»; «The Lion King – arr. John Higgins» e o Hino Oficial dos 500 anos da elevação de Lagoa – Açores a vila e a sede de concelho, e ainda o extra encore «Under the Double Eagle, J. F. Wagner».

De acordo com nota de imprensa enviada pela câmara da Lagoa, a orquestra é composta pelos elementos mais jovens das três bandas filarmónicas do concelho e distingue-se pela forma como congrega, através da prática musical, os jovens membros das sociedades filarmónicas do concelho, mais precisamente da Sociedade Filarmónica Lira do Rosário; da Sociedade Filarmónica Estrela D´Alva e da Sociedade Filarmónica Fraternidade Rural, totalizando 57 elementos.

O desafio lançado pela autarquia lagoense às filarmónicas a constituírem uma orquestra, tem como missão “cultivar a dinâmica musical e, ao mesmo tempo, promover entre a comunidade jovem a aprendizagem musical, estimulando a sensibilização para a música e contribuindo para o desenvolvimento de cada indivíduo”.

A câmara da Lagoa considera que “a Orquestra Juvenil irá impulsionar a participação cívica da juventude na dinâmica cultural do concelho, valorizando, igualmente, os espaços de entretenimento lúdico criativo e a coesão entre as três filarmónicas, com os intercâmbios e as experiências partilhadas”.

Ao longo do ano, a OJL percorrerá todas as freguesias do concelho com diversas atuações.

DL

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário