Operário isola-se no primeiro lugar com goleada ao Santiago

© HENRIQUE BARREIRA

Numa partida que marcou o regresso do dérbi lagoense ao relvado, o Clube Operário Desportivo venceu esta quarta-feira, 3 de março,  a equipa do Santiago Futebol Clube por 5-0. Este foi um jogo disputado para o Campeonato de Futebol dos Açores, relativo à primeira jornada, que estava em atraso e que teve lugar no campo municipal João Gualberto Borges Arruda, no Rosário, Lagoa.

A turma fabril entrou no jogo com alguma agressividade perante um Santiago que se posicionou na expetativa com o intuito de impedir o Operário de fazer circular a bola com a eficácia pretendida.

Os cerca de 150 adeptos que estiveram presentes puderam assistir a uma primeira parte em que o jogo esteve repartido entre as duas equipas. O desempenho do Santiago mostrou que o treinador, Filipe Machado, tinha feito jus às declarações na antevisão do jogo. Em declarações ao Diário da Lagoa defendeu que “a união de grupo” seria a mais valia da sua equipa.

No entanto Cissé, numa desmarcação eficaz, abriu o marcador para o Operário aos 28 minutos e depois voltou a repetir a proeza aos 32 minutos ao aproveitar um ressalto de bola.

A consistência da equipa visitada acabou por mostrar maior eficácia na finalização e posse de bola indo o Operário para o intervalo com a vantagem de dois golos.

Aos 61 minutos, Rodrigo Simão desfez as dúvidas ao aumentar o placard de jogo para 3-0 após um passe de calcanhar de Cissé. O mesmo Cissé que aos 70 minutos, viria a fazer o seu hat-trick ao aproveitar a marca da grande penalidade para consumar o 4-0 e assumir-se como o homem do jogo. 

O clube de Água de Pau ainda viu Rúben Vieira ser expulso aos 74 minutos de jogo. Operário continuou a dominar o jogo até fixar o resultado final em 5-0 com um remate em força de Hugo Santos já no desfecho da partida.

O clube da vila com o desenrolar do jogo acabou por fazer notar a desvantagem perante a equipa treinada por Emanuel Simão que soube destacar-se ao demonstrar segurança e a agressividade desejada que o treinador havia confessado ao Diário da Lagoa que seria necessária para isolar-se no primeiro lugar do campeonato.

O Operário soma 20 pontos e isola-se assim no 1.º lugar do Campeonato de Futebol dos Açores, à frente do Lusitânia e do Desportivo de São Roque, ambos com 17 pontos.

Já o Santiago FC mantém os mesmos sete pontos à frente do último classificado, o Fayal Sport que tem 2 pontos.

O jogo foi arbitrado por Bruno Costa, assistido por Marco Carvalho e Rodrigo Carvalho.

Como a ilustra a fotografia deste artigo, da autoria de Henrique Barreira, o fair play entre as duas equipas lagoenses acabou por ser nota dominante da partida ao longo do jogo.

Domingo é a vez do Santiago receber em sua casa, no Campo de Jogos Mestre José Leste, na vila de Água de Pau, o Clube Operário Desportivo. O jogo está marcado para as 15h e vai poder ter público na assistência.

DL

 

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário