“O Operário de Toronto é uma representação lagoense no Canadá”, diz Norberto Vital

Operario-Toronto-digressão

Clique na imagem para ver as fotos.

O Operário Sports Club of Toronto (OSCT) termina este sábado a sua digressão aos Açores e que contemplou igualmente o arquipélago da Madeira.

Anualmente o Operário de Toronto realiza uma digressão, e este ano contemplou os arquipélagos dos Açores e da Madeira, com uma passagem por São Miguel, sendo assim uma forma de brindar os jogadores, adeptos e simpatizantes nesta digressão aos Açores, onde estão muitos lagoenses.

Esta quinta-feira, dia 24, teve lugar a receção à comitiva do Operário de Toronto, por parte da autarquia lagoense, que decorreu no Convento dos Franciscanos, em Santa Cruz, Lagoa, onde marcou presença o presidente da autarquia João Ponte, acompanhado pelo vice-presidente Fernando Jorge Moniz, o presidente da Junta de Freguesia do Rosário Gilberto Borges e o presidente do Clube Operário Desportivo Gilberto Branquinho. 

Na altura, o presidente da autarquia entregou algumas lembranças aos responsáveis pelo clube, sendo que o autarca destacou a importância desta permanente ligação entre Lagoa e a Diáspora, no caso Toronto. 

Uma comitiva açoriana já esteve no Canadá aquando dos 30 anos do OSCT, e voltou a ser convidada formalmente pelo presidente do executivo do clube Norberto Vital, que deixou o apelo para que a Cidade de Lagoa estivesse representada, com uma comitiva em 2016, aquando do 40º aniversário do Operário de Toronto. 

Norberto Vital, em declarações ao jornal Diário da Lagoa, recordou que esta é a quarta digressão aos Açores, sendo que a primeira vez foi ao nível de seniores, e as ultimas três ao nível de veteranos, recordando que clube já fez várias digressões ao continente português e Espanha. 

“O Operário de Toronto é uma representação lagoense no Canadá”, disse. 

Ao longo do ano são feitas várias atividades, nas quais participam entre 600 e 700 pessoas, atividades que servem para angariar fundos para manter o clube. 

O clube já teve camadas jovens, seniores e veteranos, sendo que atualmente mantém apenas os veteranos que participam no campeonato local. 

No ano transato foi decidido acabar com a equipa sénior, equipa que ganhou 14 campeonatos. 

Nesta digressão vieram 49 pessoas, que saem dos Açores satisfeitos, tendo sido todos os seus elementos bem recebidos, por onde passaram. 

DL 

Categorias: Local

Deixe o seu comentário