Navio-tanque que embateu no ilhéu da Praia atraca em segurança na ilha Terceira

© AMN

Atracou esta tarde em segurança, no porto da Praia da Vitória, na ilha Terceira, nos Açores, o navio-tanque que na noite de segunda-feira, 7 de fevereiro, embateu no ilhéu da Praia, à saída do porto da Vila da Praia na ilha Graciosa.

De acordo com nota de imprensa da Autoridade Marítima Nacional, as operações de reboque, que se iniciaram ontem com recurso a dois rebocadores, foram concluídas com sucesso, tendo o navio chegado ao porto da Praia da Vitória em segurança, depois de uma equipa do Destacamento de Mergulhadores Sapadores da Marinha Portuguesa e de um perito do Departamento Marítimo dos Açores terem realizado trabalhos e perícias ao aparelho de reboque, que permitiram efetuar o reboque em segurança.

No porto da Praia da Vitória, o navio acidentado será alvo de trabalhos de reparação dos danos causados pelo embate e de uma vistoria para apurar as condições de navegabilidade.

O navio-tanque encontrava-se fundeado desde segunda-feira passada, ao largo da ilha Graciosa, por questões de segurança, depois de ter sofrido um rombo no casco e consequente entrada de água a bordo, na sequência de um embate no Ilhéu da Praia quando se preparava para efetuar o transporte de combustível entre ilhas, nos Açores.

A ação foi coordenada pelo capitão do porto e comandante-local da Polícia Marítima de Angra do Heroísmo, em articulação com a Marinha, a administração portuária local e o armador do navio, tendo o Comando-local da Polícia Marítima de Angra do Heroísmo tomado conta da ocorrência.

Na operação estiveram envolvidos meios da Autoridade Marítima Nacional, da Marinha Portuguesa, da Força Aérea Portuguesa, da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, do aeroporto da Graciosa e da Portos dos Açores.

A acompanhar as operações de reboque estiveram empenhados o navio NRP Setúbal, da Marinha Portuguesa, bem como duas equipas da Brigada de Intervenção Rápida de Combate à Poluição (BIRPOL) da Autoridade Marítima Nacional, meios que estiveram em prontidão por forma a prevenir e conter eventuais focos de poluição que possam ocorrer.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário