Museu Lagoa-Açores cria licor para honrar memória dos frades Franciscanos

© CML

Como forma de homenagear e honrar a presença dos frades Franciscanos na Lagoa, a Câmara da Lagoa, através do Museu de Lagoa-Açores, elaborou um licor original e exclusivo, cujo ingredientes predominantes são a canela e o cravo, revela a autarquia em comunicado. Estas especiarias eram, ambas, utilizadas frequentemente pelos Franciscanos.

Desde o início deste novo ano que, todos os interessados podem comprar o Licor Convento de Santo António, à venda na Loja do Museu de Lagoa-Açores, no convento de Santo António, em Santa Cruz.

Após várias provas de licores com ingredientes diversificados, o executivo da autarquia considerou que a bebida alcoólica doce possuía um aroma e sabor característico completamente diferente dos habituais e que surpreendia pela originalidade, nomeadamente pela fusão entre o cravo e a canela.

Após longos processos para a sua produção final, mais precisamente a elaboração, a seleção e escolha dos ingredientes, a eleição da garrafa e da sua embalagem, o Licor Convento de Santo António encontra-se, exclusivamente à venda na Loja do Museu de Lagoa-Açores.

Produzido e engarrafado pela Cooperativa Celeiro da Terra, o Licor Convento de Santo António é um produto natural, sem corantes, nem conservantes, cujos ingredientes são a água, o açúcar, o álcool, a canela e o cravo, sendo que uma garrafa de 200 ml contem um teor alcoólico de 26% de volume.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário