“Memórias a recordar e partilhar” foi apresentado nas comemorações das festas de Santo António em Santa Cruz

Guilhermina Barbosa [no centro] escreveu à mão o seu quarto livro de memórias © CM LAGOA

Aos 86 anos, a santacruzense Guilhermina Barbosa, lançou o seu quatro livro “Memórias a recordar e partilhar”.

A antiga especialista de saúde materno-infantil, percorreu várias ilhas dos Açores ao serviço da saúde na região, tendo-se formado superiormente nos anos 50, em Lisboa. 

A sua mais recente obra de prosa e também poesia é uma viagem no tempo pelo seu percurso de vida ao longo das cerca de cem páginas que o compõem. 

A apresentação do livro de Guilhermina Barbosa integrou-se nas comemorações das Festas de Santo António da Lagoa, que se realizaram na freguesia de Santa Cruz, no passado dia 10 de junho, na igreja Matriz. Contou com uma nota introdutória do presidente da Junta de Freguesia, Sérgio Costa, e foi apresentado pela jornalista Sara Sousa Oliveira, autora do prefácio.   

Sob a orientação do padre Eurico Caetano, pároco da Matriz lagoense, crianças e jovens do Grupo de jovens Shalom e Grupo de Acólitos da paróquia interpretaram vários cânticos numa atuação sem interrupções pela paz no mundo que teve tradução de Língua Gestual Portuguesa.

Uma das amigas da autora do livro, Aline Cabral de Melo, da Academia Sénior da Universidade dos Açores leu o poema “A paz sem vencedor e sem vencidos”, de Sophia de Mello Breyner Andresen.

Manifestando-se muito grata com a possibilidade de poder lançar um novo livro sobre a sua história de vida, Guilhermina Barbosa confessou-se muito feliz e emocionada com o momento. Agradeceu a presença de familiares, amigos, responsáveis políticos, atuais e antigos e, em particular a colaboração de Sandra Moniz, responsável pela transcrição do livro, inicialmente todo escrito à mão pela autora. Também colaboram na concretização do livro, Érica Ponte, Kevin Tavares, Hélio Rebelo e Jaime Serra.

DL

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário