Marinha evacua pescador e tripulante de embarcação e de navio de contentores

Evacuacao_medica_BOUDICCA

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com a Força Aérea Portuguesa (FAP), coordenou durante a tarde e noite de ontem, 14 de agosto, a operação de evacuação médica de um pescador, de nacionalidade portuguesa e 52 anos, que apresentava dor abdominal aguda no quadrante lateral esquerdo, da embarcação de pavilhão nacional “Íris do Mar”, que se encontrava em faina de pesca, a navegar a cerca de 275 quilómetros (150 milhas náuticas) a sudoeste da ilha das Flores – Açores.

Segundo o comunicado da Marinha, o pedido de auxílio foi recebido pelo MRCC Delgada pelas 18h20, horas locais, tendo, de imediato, contactado o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODUMAR) do INEM, que identificou a necessidade de evacuação urgente do tripulante.

O MRCC Delgada assumiu a coordenação das operações, tendo solicitado ao Centro de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes) o empenhamento de meios aéreos da Força Aérea para a realização da evacuação.

Às 21h35, um helicóptero EH-101 Merlin descolou da Base Aérea das Lajes, com uma equipa médica a bordo, e voou ao encontro da embarcação de pesca. A fim de acompanhar e apoiar as comunicações entre a embarcação, o helicóptero e os Centros de Busca e Salvamento envolvidos, foi também empenhada uma aeronave C-295M, destacada na Base Aérea das Lajes, de onde descolou às 22h15, tendo aterrado à 01h35.

A operação de evacuação foi executada com sucesso pelas 00h05 do dia 15, tendo o helicóptero aterrado à 01h40 no aeroporto da Horta, de onde o tripulante foi transportado em estado estável para o Hospital daquela cidade por uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA). Às 03h00 o helicóptero descolou da Horta, tendo aterrado nas Lajes às 03h55.

Por outro lado, o MRCC Delgada, em articulação com a FAP, coordenou durante a tarde de ontem, 14 de agosto, a operação de evacuação médica de um tripulante, de nacionalidade russa e 49 anos de idade, que apresentava queimaduras nos membros inferiores e superiores causados por água a ferver, do navio mercante de pavilhão alemão “Hajin San Diego”, que navegava a cerca de 175 quilómetros (94 milhas náuticas) a norte da Terceira – Açores.

O pedido de auxílio foi pelas 16h53, horas locais, tendo, de imediato, contactado o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODUMAR) do INEM, que identificou a necessidade de evacuação urgente do tripulante ferido.

O helicóptero da Força Aérea  Portuguesa EH-101 Merlin, descolou-se da Base Aérea das Lajes às 18h30, com uma equipa médica a bordo, ao encontro do navio mercante.

A operação de evacuação foi executada com sucesso pelas 19h15, tendo o helicóptero aterrado às 19h45 na Base das Lajes, de onde o tripulante evacuado foi transportado em estado estável para o Hospital Santo Espírito de Angra do Heroísmo por uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA).

DL/ MRCC Delgada

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário