Maria João Carreiro salienta contributo da formação para a estabilidade das empresas

© D.R.

A secretária regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego defendeu o “investimento na formação à medida das necessidades e dos objetivos específicos de cada empresa”, destacando o contributo destas ações não só para a competitividade e a produtividade, mas “também para a mobilidade interna e a estabilidade dos quadros.”

Maria João Carreio marcou presença na sessão de abertura do Encontro da Rede Mulher Líder, do IAPMEI, que decorreu no auditório municipal da Madalena, na ilha do Pico.

“Temos hoje, inquestionavelmente, um ambiente mais favorável à integração de uma oferta formativa definida em parceria com as entidades formadoras e as empresas. É este ambiente que queremos maximizar levando a que mais empresas possam identificar as suas necessidades e encontrar soluções formativas com o apoio das entidades”, explicou.

A secretária regional da tutela adiantou que o governo dos Açores já está a trabalhar no aperfeiçoamento da medida FORM.AÇORES, através da qual são financiadas ações de formação e de qualificação para ativos empregados nas empresas da região.

O FORM.AÇORES pode ser executado através de duas modalidades, a da qualificação e a da consultoria, numa lógica de aproximação das escolas profissionais, entidades formadoras e empresas, por um lado, e de adequação às necessidades das empresas, por outro. “O primeiro período de candidaturas ao FORM.AÇORES teve uma grande adesão e a nossa expetativa é que o próximo período, cujas datas serão anunciadas em breve, mais empresas possam vir a articular ações de consultoria e formação à medida, convictas dos benefícios destas ações para as suas empresas e para o mercado de trabalho”, desafiou.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário