“Mais de mil pessoas” assistiram à ópera na Lagoa

© CM LAGOA

A ópera La Traviata, de Giuseppe Verdi, fez-se ouvir este fim de semana, na praça do Nonagon, na Lagoa, tendo a plateia registado, segundo a autarquia lagoense, “mais de mil pessoas” a marcarem presença no momento cultural.

De acordo com nota de imprensa enviada pela câmara da Lagoa, apesar das condições meteorológicas, em que alguma pluviosidade se fez sentir, “os presentes não arredaram pé” do espetáculo.

Grande parte do elenco era composto por lagoenses, “o que demonstra o enorme potencial artístico do concelho, capaz de projetar o pulsar criativo que a população jovem do concelho demonstra em matéria de música e canto”, destaca a autarquia.

A qualidade dos solistas e da presença da Banda Militar dos Açores, do Orfeão de Nossa Senhora do Rosário, do Coro Sintonias e de alunos do Conservatório Regional de Ponta Delgada, a Direção Musical de Hélio Soares e a Direção Coral de Cármen Subica, passando pela encenação de Mário Redondo, é também salientada pela câmara municipal.

Um dos principais propósitos do projeto passava pela proximidade com a comunidade, com o intuito de democratizar uma oferta cultural, habitualmente, pouco acessível à maioria da população.

O evento integrou a programação dos 500 anos de elevação de Lagoa a vila e a sede de concelho e dos 10 anos de cidade.

DL

PUB.

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário