Luís Alberto Bettencourt recebe Insígnia Autonómica do Governo Regional dos Açores

O músico açoreano Luís Alberto Bettencourt recebeu no passado dia 5 de Junho, Dia da Região Autónoma dos Açores, a “Insígnia Autonómica de Reconhecimento” por parte do Governo Regional.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, o música açoriano conta com 40 anos de carreira e 10 álbuns gravados e várias bandas sonoras de programas de televisão e algumas das suas composições são consideradas verdadeiros hinos dos Açores, como “Chamateia”, “Vapor da Madrugada” ou “Boi do Mar”.

O próprio Luís Alberto Bettencourt adianta que “foi com muita satisfação que a recebi, é sempre muito gratificante saber que há um universo que embora seja pequeno, está atento´e reconhece o nosso trabalho, inspirado na nossa própria cultura”.

Sempre com um olhar de atenção e preocupação com as novas gerações, ou não fossem as vozes da nova geração como são os casos de António Zambujo ou Kátia Guerreiro a cantarem as suas composições, espera que a Insígnia “possa servir de alento a uma nova geração de músicos que está a florescer neste jardim Atlântico, e que possa despertar as várias instituições da nossa sociedade, nomeadamente, promotores de concertos, eventos, e difusão radiofónica, no sentido de reconhecimento e divulgação da nossa identidade”.

DL/Mediaplay

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário