Lagoa propõe aumento de zonas com aptidão balnear

© CML

A presidente da câmara municipal de Lagoa, Cristina Calisto, acompanhada pelo vice-presidente da autarquia, Frederico Sousa, receberam no edifício dos Paços do Concelho, o secretário regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Teixeira Miguel, o Diretor Regional do Ordenamento do Território e dos Recurso Hídricos, Emanuel Barcelos e o adjunto, Adalberto Borges Couto.

Segundo nota de imprensa enviada pela autarquia lagoense, a ocasião serviu para apresentação de cumprimentos e, igualmente, abordar assuntos de interesse para ambas as entidades.

Entre os assuntos em discussão esteve a revisão do PDM – Plano Diretor Municipal; o novo quadro comunitário, no que diz respeito à elegibilidade de obras de saneamento e de uma nova Estação de Tratamento de Águas Residuais – ETAR, mas igualmente, a continuação da requalificação da frente marítima da Lagoa, na vertente da proteção da orla costeira e de mobilidade suave, e o aumento de áreas de aptidão balnear, no âmbito do novo Plano de Ordenamento de Orla Costeira.  

A reunião “permitiu reforçar as relações institucionais entre essas duas entidades, para que de forma concertada se possa contribuir para uma melhoria continua da sustentabilidade ambiental e aumento da resiliência como consequência das alterações climáticas, sem descurar a qualificação do território lagoense, através do ordenamento do território, da requalificação das zonas costeiras e a descentralização de zonas balneares”, destaca a autarquia.

No final do encontro, Cristina Calisto e Alonso Miguel reiteram, a sua total disponibilidade para uma colaboração estreita, em prol de uma “cooperação profícua” com o objetivo comum da melhoria da qualidade de vida de todos os munícipes lagoenses, bem como de quem visita o concelho.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário