Lagoa assinala mês de prevenção de maus-tratos na infância

© CML

Foi hasteada a bandeira do “Laço Azul” no edifício dos Paços do Concelho, na Lagoa, na quarta-feira passada, 6 de março, para assinalar o mês da prevenção dos maus-tratos na infância.

Presente no momento simbólico, o vice-presidente da autarquia lagoense, Frederico Sousa, salientou que, “ainda não temos bem a noção do impacto que estes dois últimos anos de pandemia tiveram na vida das famílias”, acrescentando que a autarquia tem “conhecimento ainda de várias famílias vulneráveis, onde algumas encontram-se marcadas pelo fenómeno das dependências. Não queremos por isso que o flagelo deixe marcas para o resto da vida das crianças e dos jovens, que são os nossos cidadãos futuros, e que não têm responsabilidade de terem nascido num meio difícil e por isso cabe-nos, em conjunto, ajudar a realinhar o trajeto dessas pessoas”. 

“Todos temos a responsabilidade de garantir um futuro digno a todas as crianças, que seja saudável e que não cresçam marcadas pelos erros dos adultos que os rodeiam.”, referiu o autarca, agradecendo, igualmente, “o trabalho muitas vezes realizado de forma voluntária pela Comissão de Proteção de Menores e Jovens (CPCJ)”.

Já para Edite Preto, presidente da CPCJ de Lagoa, “este é um momento simbólico, que todos devemos divulgar, porque é um tema que nos diz respeito a todos, devemos passar a palavra. Em pleno século XXI, existem imensos maus-tratos físicos e emocionais que devemos denunciar, sejam eles formas de lesão física ou psicológica, abuso sexual, negligência ou tratamento negligente, exploração comercial ou outro tipo de exploração”.

Em parceria com a Câmara Municipal de Lagoa, a CPCJ de Lagoa, está a realizar durante o mês de abril diversas ações de sensibilização da comunidade para esta problemática, nomeadamente com a distribuição de marcadores de livros às crianças com a história do Laço Azul; Laço Azul humano, com a colaboração de uma escola do concelho; a iluminação a azul de alguns edifícios emblemáticos e o entoar do Hino dos Direitos das Crianças, hino vencedor do concurso, promovido pela CPCJ, no ano de 2021, numa interpretação do Clube de Música da EBI de Lagoa.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário