Lagoa assinala Dia Internacional da Cidade Educadora

© CML

No âmbito da comemoração do Dia Internacional da Cidade Educadora, celebrado, anualmente, no dia 30 de novembro, a Câmara Municipal de Lagoa anunciou que irá desenvolver várias atividades.

Em nota de imprensa enviada às redações, a autarquia adianta que este ano terá como tema “A Cidade Educadora não deixa ninguém para trás”, sendo que a efeméride está a ser assinalada pela autarquia lagoense, ao longo do mês de novembro, com o hasteamento da bandeira alusiva ao tema e com o edifício dos Paços do Concelho iluminado com as cores do logotipo da Cidade Educadora.

De acordo com o comunicado, todos os Centros de Atividades de Tempos Livres (CATL) e os Centros de Convívio de Idosos do concelho de Lagoa, irão receber um jogo intitulado “Memória de Opostos da Cidade Educadora”, disponibilizado pela AICE – Associação Internacional de Cidades Educadoras.

Nos dias 29 e 30 de novembro, a Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira irá promover uma atividade em que a  Biblioteca na Rua irá ao encontro do CATL da Atalhada. Previsto para as 16h00, destina-se a crianças do primeiro ciclo, daquela instituição, sendo que a atividade contará com a carrinha da Biblioteca Municipal, em que será feita a promoção do livro e da leitura, introdução à cidade como educadora e, no final, realizar-se-ão jogos cooperativos.

Igualmente nos dias 29 e 30 de novembro, as crianças do CATL “O Borbas” irão construir um mural alusivo ao Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. Como forma de sensibilizar as crianças e jovens do quarto ano e do segundo ciclo daquele CATL irá decorrer um momento com Saudações em Linguagem Gestual.

Todos os intervenientes do CATL “O Borbas” irão participar num Diálogo sobre a Cidade Educadora e posteriormente, as crianças e jovens, poderão inscrever uma redação, alusiva ao tema “Como seria uma Cidade Educadora ideal para ti?”.

Já no dia 30 de novembro, às 11h00, o Museu de Lagoa- Açores irá dinamizar uma mostra expositiva intitulada “Fábrica do Álcool da Lagoa: memórias de uma indústria e de um lugar”, que irá estar exposta no extremo nascente do Passeio Marítimo da cidade de Lagoa, mais precisamente perto do Portinho de S. Pedro.

A mostra, apresentada “fora de portas”, está patente no espaço público, ao ar livre, por forma a ser vista pelos transeuntes e num local próximo, onde se encontra o edifício fabril. Com recurso a registos fotográficos de época e de texto, a iniciativa visa dar a conhecer aspetos da Fábrica, nomeadamente: a sua fundação; os diferentes espaços; as fases de processo de transformação da matéria-prima em álcool etílico; os recursos humanos e aludindo ainda à vida social e recreativa.

No mesmo dia, entre as 14h00 e as 17h00, o Museu de Lagoa-Açores irá organizar os ciclos itinerários “Lagoa Cidade de Ontem e de Hoje”. A autarquia esclarece ainda que a ação “destina-se a pessoas com mais de 60 anos e é uma atividade sujeita a inscrição prévia, sendo que serão admitidos até 14 participantes”.

Paralelamente, irá decorrer, às 20h00, uma iniciativa da Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira, dedicada às crianças, intitulada “Uma Noite na Biblioteca: Histórias da Cidade que Educa”, que necessita de inscrição prévia, sendo que 12 crianças, com idades compreendidas entre os sete e os 12 anos, poderão participar. No final da ação, cada criança será convidada a construir, através de uma maquete, a sua Cidade Educadora ideal.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário