JSD da Ribeira Grande reivindica mais apoio aos jovens casais

© HUGO MOREIRA

A dificuldade dos jovens casais em aceder a uma habitação própria permanente, foi abordada no 25º Congresso Regional do PSD/Açores, pelo presidente da JSD/Ribeira Grande, André Pontes. 

Na ocasião, o jovem social democrata disse que os jovens, nos dias de hoje, devido à dinâmica imobiliária que se instaurou, têm cada vez mais dificuldade em se emancipar e em sair da casa dos seus pais.

A Ribeira Grande “é o concelho mais jovem da Região Autónoma dos Açores e um dos concelhos mais jovens do nosso país”, apontou. Para depois assegurar que, segundo dados disponíveis no Pordata e os dados provisórios dos Censos 2021, “dos cerca de 31.388 habitantes que constituem o terceiro maior concelho dos Açores, 18% dos habitantes têm menos de 15 anos, 10.361 mil têm menos de 25 de idade e, cerca de 71% da população, encontra-se em idade ativa”, apontou o líder da juventude social democrata ribeiragrandense.

“Os preços do mercado imobiliário, aliado à precariedade salarial e à instabilidade financeira que daí advém, tem vindo a criar barreiras que dificultam a vida dos jovens em particular, e da população em geral”, alertou o André Pontes.

Defende por isso, como soluções, a isenção do IMT para a aquisição de prédios em ruína, a criação de uma quota de restrição de alojamentos locais por concelho, para combater a falta de habitação para arrendamento e a reforma dos programas de apoio regionais da direção regional da Habitação.

Finalizou, disponibilizando-se a si, e a toda a estrutura da JSD/Ribeira Grande, a trabalhar em soluções junto dos dirigentes políticos do PSD/Açores.

 

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário