IV Concurso Regional ‘IdeiAçores’ contou com a participação de 35 escolas

Concurso-Idea-Acores-2014

O IV Concurso Regional IdeiAçores contou com a participação de 35 escolas do arquipélago, que apresentaram as ideias de negócios oriundas de equipas do 2.º e do 3.º ciclo e do ensino secundário/profissional, das quais três foram eleitas vencedoras por um júri especializado. 

No 2.º Ciclo, a equipa da Escola Básica e Integrada Gaspar Frutuoso venceu com o projeto ‘Kit Churrasco’, que consiste numa embalagem reciclada onde estão incluídos todos os produtos necessários à preparação do braseiro para um churrasco, nomeadamente carvão, acendalhas e fósforos. 

A equipa da Escola Secundária Manuel de Arriaga conquistou o primeiro lugar relativo ao 3.º Ciclo com o ‘ColdKiller’, um casaco impermeável e transpirável com aquecimento promovido através de um circuito elétrico recarregável. 

Os alunos da Escola Profissional da Vila Franca do Campo foram os vencedores do ensino secundário/ profissional com o projeto ‘Hortafácil’, uma máquina manual multifunções que permite realizar quase todas as tarefas agrícolas que não impliquem motorização. 

Os detentores dos primeiros lugares, do 3º ciclo e ensino secundário/profissional, foram premiados com uma missão de empreendedorismo a Lisboa, onde terão a oportunidade de conhecer incubadoras de empresas, contatar com empreendedores de sucesso e visitar a Gesentrepreneur, uma empresa especializada em formação em empreendedorismo, além de usufruirem de um programa social e cultural adaptado aos seus interesses. 

O concurso regional ‘IdeiAçores’ realiza-se no âmbito do Programa Educação Empreendedora – O Caminho do Sucesso, um projeto do Governo dos Açores, através das direções regionais da Juventude e Educação e da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), em parceria com o Centro de Empreendedorismo da Universidade dos Açores.

Este programa visa despertar e incentivar nos professores e nos alunos dos Açores o potencial empreendedor e a possibilidade de poder controlar o seu futuro, permitindo, a longo prazo, criar o seu próprio emprego e contribuir simultaneamente para a política ativa de emprego e para a criação de riqueza na Região.

DL/GaCS

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário