Indicador de Atividade Económica confirma crescimento da economia dos Açores

O Indicador de Atividade Económica (IAE), que retrata o estado geral da economia no curto prazo, registou um crescimento de 2% em julho, nos Açores, validando o bom momento da economia da Região através da evolução contínua dos indicadores de produção.

O IAE, índice analisado e publicado nos Açores desde 2014, que permite acompanhar a evolução da economia regional, revela a evolução de 2% em julho, significando também uma estabilização acima dos 2%, face a junho, mês em que o indicador registou um aumento de 2,1% .

O cálculo do IAE divulgado pelo Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA) considera os dados dos principais setores de atividade da Região, sendo construído com base nas séries estatísticas relativas a “Leite entregue nas fábricas”, “Gado Abatido”, “Pesca Descarregada”, “Produção de Energia”, “Produção de Produtos Lácteos” e “Consumo de Energia na Indústria”.

São também consideradas as estatísticas referentes a “Venda de Cimento”, “Empregados na Construção Civil”, “Passageiros Desembarcados Via Aérea”, “Dormidas nos Estabelecimentos Hoteleiros”, “Empréstimos Bancários”, “Prédios Transacionados” e “Levantamentos Multibanco”.

A evolução positiva da economia regional tem permitido diminuir o número de desempregados, a criação significativa de mais e melhor emprego, o fortalecimento financeiro de empresários e das empresas regionais, bem como o surgimento de atividades empresariais privadas.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário