Inaugurada nova museografia em dois espaços da Ribeira Chã

Foto: DR

Decorreu esta terça-feira, 28 de julho,  na freguesia da Ribeira Chã, a inauguração da nova museografia dos Núcleos Museológicos da Adega e da Casa Museu Maria dos Anjos Melo.

A cerimónia contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto e do Padre João Furtado, na qualidade de Presidente do Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã.

Para Cristina Calisto, “estas beneficiações quer espaciais, quer museográficas permitem reavivar as memórias e vivências do povo da Ribeira Chã, em que a autarquia se empenhou para recuperar e remodelar este núcleo Museológico, promovendo o espólio cultural desta freguesia, numa junção entre o conhecimento e a cultura”.

As remodelações dos Núcleos Museológicos da Ribeira Chã surgem após a assinatura do protocolo entre o Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã e a Câmara Municipal de Lagoa.

“Esta junção entre as entidades permite a promoção da Lagoa e, neste caso, da freguesia da Ribeira Chã, num espírito de entreajuda e de parceria, em prol da história e da memória coletiva que não se apaga e que nos permite colher frutos positivos”, afirma a autarca.

Para os diversos Núcleos Museológicos “fizemos uma atualização da mensagem que passamos para as pessoas que nos visitam, através de um descritivo bilingue, de forma a darmos um conhecimento real do nosso território a quem nos visita”, refer Cristina Calisto, agradecendo o voto de confiança que o Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã depositou na autarquia.

Após a reabertura destes dois núcleos, está programada, para o final deste ano, a terceira fase de reformulação que irá decorrer no Núcleo Agrícola e no Quintal Etnográfico, que visa valorizar as especificidades da Ribeira Chã, nomeadamente a sua identidade etnográfica, sendo que, ficarão concluídas todas as remodelações previstas nos diversos Núcleos Museológicos desta freguesia, preservando a obra e a memória do seu fundador, o Pe. João Caetano Flores.

DL/CML

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário