Hospital do Divino Espírito Santo recebe viatura de apoio para cuidados paliativos pediátricos

© HDES

A viatura foi doada pelo Conselho de Mecenato do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), liderado pelo lagoense Ricardo Martins Mota, através de uma doação anónima. 

Em declarações ao jornal Açoriano Oriental (AO), Paula Maciel, responsável pela equipa de cuidados paliativos pediátricos do HDES, explica que “a vantagem de irmos diretamente ao domicílio ou à instituição onde a criança se encontra é óbvia: vemos a criança no seu meio, integrada na sua família, com as suas condições de vida, com a dinâmica da família que é muito generosa ao permitir que entremos na casa deles. E retribuímos essa generosidade com aquilo que sabemos fazer melhor, que é cuidar dessas crianças”, destaca.

Ao mesmo jornal, Ricardo Martins Mota garantiu que, no próximo mês, ficará disponível um site onde qualquer cidadão poderá fazer as suas doações ao HDES e monitorizar para que projeto foi encaminhado o dinheiro que doou. 

De acordo com o site do Serviço Nacional de Saúde, os cuidados paliativos pediátricos permitem a prestação de cuidados em casa de crianças com  “doenças que colocam a vida em risco para as quais existem tratamentos curativos, mas que podem não ser eficazes; doenças em que a morte prematura é inevitável, mas nas quais podem existir longos períodos de tratamento intensivo; doenças progressivas sem opções terapêuticas curativas; ou doenças irreversíveis não progressivas que causam incapacidades graves, levando a maior morbilidade e probabilidade de morte prematura.

O SNS explica ainda que “os cuidados paliativos pediátricos são integrados na prestação de cuidados de saúde numa articulação entre os cuidados hospitalares, cuidados primários e a comunidade, que se coordenam e complementam entre si”.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário