Hospitais aumentaram o número de cirurgias pela otimização dos recursos próprios

Luis-Cabral-saude-ALRA-debate

O Secretário Regional da Saúde afirmou, na Horta, que, entre 2012 e 2013, registou-se uma subida de 16 por cento na realização de cirurgias no conjunto dos hospitais da Região, “recorrendo a meios próprios, como sempre o Governo defendeu”. 

Luís Cabral, que intervinha num debate na Assembleia Legislativa sobre esta temática, salientou que se verificou um aumento da produção cirúrgica nos três hospitais, “não por conta de programas de redução de listas de espera, nem por conta de enviar os doentes para serem operados nos privados”. 

“Recorrendo aos meios próprios dos hospitais, foi possível passar de 15.980 cirurgias em 2012 para 18.700 em 2013, o que corresponde a um aumento de 16 por cento”, frisou o Secretário Regional da Saúde. 

Luís Cabral defendeu a necessidade de se proceder a uma consolidação das listas, salientando que o Governo desenvolveu todas as diligências para utilizar a aplicação informática que é usada a nível nacional, acrescentando que, como não foi disponibilizada em tempo útil, foi decidido investir numa plataforma própria, que está a ser implementada nos hospitais de Ponta Delgada e da Horta e, em breve, no hospital da Terceira. 

Relativamente aos recursos humanos, Luís Cabral informou que estão já a trabalhar mais dois anestesiologistas no hospital da Terceira, mais um no hospital de Ponta Delgada e mais dois ortopedistas no Hospital da Horta. 

Luís Cabral reafirmou que o Governo Regional está empenhado “de forma ativa e incisiva” em tomar medidas que visem reduzir as listas de espera”, acrescentando que estas medidas estão já a ser consequentes.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário