Greve dos estivadores no Porto de Lisboa não deverá afetar abastecimento dos Açores

Foto: DR

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas afirmou hoje que o Governo dos Açores tem acompanhado “muito de perto” a greve dos estivadores afetos ao Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística no Porto de Lisboa, adiantando que não se preveem “constrangimentos de maior” no abastecimento à Região.

Em declarações à Comunicação Social, à margem da visita estatutária do Governo à ilha Graciosa, Ana Cunha frisou que solicitou atempadamente ao Governo da República a fixação de serviços mínimos “para garantir o abastecimento regular, contínuo e normal da Região”, sendo que o despacho emanado pelo Governo da República fixou uma carga e descarga semanal para os Açores.

A titular da pasta dos Transportes adiantou que o Governo dos Açores tem estado “em contacto permanente com os armadores da cabotagem insular que operam na Região e, neste momento não se preveem constrangimentos causados pela greve que não sejam aqueles que já têm acontecido, de um ou outro dia de atraso, já provocado pelos plenários dos sindicatos que têm sido realizados nas semanas que antecederam a greve”.

A Secretária Regional lembrou que esta greve afeta apenas a ligação ao Porto da Praia da Vitória.

“Isto é apenas num porto, naquele que opera o Sindicato dos Estivadores e da Atividade Logística e afeta, à partida, um armador. Os outros dois não serão e nem sofrerão constrangimentos”, salientou.

DL/GaCS

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário