Governo paga ajudas aos pescadores até ao final do ano

© ACÁCIO MATEUS

O presidente do governo regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, anunciou, durante uma visita ao porto de pescas de Rabo de Peixe, que “até final deste ano, e provavelmente ainda até final deste mês, serão pagas as ajudas diretas aos sobrecustos do combustível e seguros”, no âmbito da primeira candidatura referente a estes apoios.

O governante acrescentou que o diálogo com os representantes das pescas é para acentuar, sempre em prol da valorização do setor. “Nas pescas, em particular, há um exercício de diálogo que importa sempre manter e acentuar”, enaltecendo o papel da Federação das Pescas como “decisivo para, com conhecimento de terreno, colaborar na formação das melhores políticas públicas para apoio aos armadores, pescadores, ao negócio das pescas e para a valorização global da economia do mar.”

Para além disso, o governo dos Açores tem em marcha uma campanha de promoção do pescado da região. “Queremos puxar para cima o preço do pescado e valorizar a sua qualidade, não só para consumo interno, mas também para exportação”, detalhou o governante.

Para além disso, haverá negociações com a banca para a “implementação de uma linha de crédito que dê apoio, num valor máximo dois milhões de euros e de acesso desburocratizado, aos armadores e pescadores, garantindo maior liquidez”, anunciou Bolieiro.

No que se refere ao porto de Rabo de Peixe, há já trabalho para um novo regulamento para o “reordenamento funcional” do espaço, com o compromisso da Lotaçor de, no primeiro semestre de 2023, haver um projeto para o novo edifício da lota, na doca velha, com “maior proximidade com as embarcações que chegam para a descarga de peixe.”

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário