Governo dos Açores investe na valorização de trilhos pedestres no Perímetro Florestal de São Miguel

A Diretora Regional dos Recursos Florestais adiantou que devem ficar concluídas em outubro as intervenções de valorização de trilhos pedestres no Perímetro Florestal de São Miguel, criando mais e melhores condições para um usufruto de qualidade do espaço florestal.

“Temos em curso obras que vão permitir melhorar a rede de trilhos pedestres existentes na Mata da Atalhada, junto à Casa de Guarda Florestal de Santo António Nordestinho, e ainda criar um trajeto circular de acesso ao Pico de Vara”, afirmou Anabela Isidoro, acrescentando que os trabalhos adjudicados à empresa Azores Greenmark representam um investimento de cerca de 18 mil euros.

Anabela Isidoro, que falava no final de uma visita às obras em curso, salientou que, quando ficar concluída a intervenção, os utentes dos trilhos terão maior comodidade e segurança.

A melhoria e valorização destes trilhos, cujos trabalhos se iniciaram em julho, vai ainda permitir, segundo a Diretora Regional, “um contacto mais direto com os trabalhos de reordenamento e gestão das áreas florestais onde os trilhos se desenvolvem, que são certificadas pelo Forest Stewardship Council (FSC)”.

Atualmente, a subida ao Pico da Vara efetua-se pelo trilho homologado PRC7-SMI, a partir da Algarvia, que implica o retorno pelo mesmo percurso.

Por essa razão, em coordenação com a Direção Regional do Ambiente, foi traçado um trilho circular que permitirá melhorar a comodidade para os utentes e diminuir a carga sobre o trilho.

Anabela Isidoro salientou ainda que os Açores integram o projeto de valorização e conservação dos recursos florestais na Macaronésia (VALCONMAC), que decorre até 2020, contando com um investimento total de cerca de 305 mil euros.

O VALCONMAC compreende, entre outras, uma ação para a valorização de trilhos e habitats singulares da Rede Natura 2000, na Macaronésia.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário