Governo dos Açores forma cerca de 300 profissionais da área da Saúde na abordagem a crianças vítimas de maus tratos

O Governo Regional, através do Comissariado dos Açores para a Infância, proporcionou formação a quase três centenas de profissionais da área da Saúde das ilhas de São Miguel, Terceira, Faial e Pico na abordagem a crianças vítimas de maus tratos no âmbito da prestação de cuidados, estando já previsto o início da formação dirigida a profissionais da área da Educação.

Os dados foram revelados pela Secretária Regional da Solidariedade Social na última edição da ação de formação sobre ‘Crianças Vítimas de Abusos: A Intervenção em Saúde’, dirigida a profissionais que exercem funções em entidades com competência em matéria de infância e juventude, na área da saúde, envolvidos nos cuidados e acompanhamento a crianças e jovens, nomeadamente médicos, enfermeiros, psicólogos, terapeutas e outros profissionais daquelas equipas.

Andreia Cardoso adiantou que o Comissariado dos Açores para a Infância prosseguirá com o seu plano formativo, desta feita com ações dirigidas aos profissionais da área da Educação, com início previsto para novembro.

O programa de formação tem como objetivos promover a qualificação da intervenção através da aquisição de conhecimentos e competências específicas no âmbito da intervenção destas entidades na promoção dos direitos e proteção das crianças, procurando, igualmente, dotá-las de instrumentos que sustentem a sua análise e decisão em relação às situações que lhes são reportadas ou de que têm conhecimento.

DL/Gacs

Categorias: Regional, Saúde

Deixe o seu comentário