Governo dos Açores fomenta associativismo dos caçadores

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, através da Direção Regional dos Recursos Florestais, vai conceder um desconto de 20%, na época venatória 2018/2019, sobre o valor da taxa devida pela emissão da licença inicial de caça, com o intuito de incentivar o associativismo.

De acordo com a portaria publicada em Jornal Oficial o desconto será aplicado aos caçadores que comprovem a sua filiação a um movimento associativo regional, legalmente constituído e em atividade no arquipélago.

Para o Governo Regional o associativismo dos caçadores e a existência de associações ativas e estruturadas é algo fundamental para a persecução de uma gestão cinegética que se pretende cada vez mais sustentável e eficaz no arquipélago.

Este desconto de 20% é uma medida que já foi aplicada nas épocas venatórias de 2014/2015 e 2015/2016 com bastante sucesso, daí se repetir novamente.

Os movimentos associativos regionais, interessados em que os seus associados beneficiem desta medida terão de proceder à realização de prova de que possuem órgãos sociais em exercício de funções e com mandato em vigor.

Presentemente existem 10 associações de caçados ativas dispersas por várias ilhas.

De notar que tem decorrido na Região um trabalho entre o Executivo em estreita colaboração com as associações agrícolas, de caçadores e ambientalistas para garantir que a gestão dos recursos cinegéticos é feita de forma o mais sustentável possível, com respeito pelos princípios da conservação da natureza e do equilíbrio biológico.

O sucesso da implementação de medidas de sensibilização e de formação dos caçadores em matéria de conservação ambiental, utilização racional dos recursos cinegéticos, adoção de medidas de segurança e de boas práticas no exercício da caça, depende da existência de movimentos associativos pró-ativos, fortes e representativos dos caçadores, como os que existem atualmente na Região.

Nos Açores existem cerca de 4.160 pessoas com carta regional de caçador, sendo que 40% estão na ilha de São Miguel.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário