Garra fabril do Operário garante vitória na Terceira frente ao Boavista da Ribeirinha

© CORTESIA COD

Em jogo a fechar a primeira volta do Campeonato de Futebol dos Açores, o Clube Operário Desportivo venceu este domingo, 28 de fevereiro, o Boavista da Ribeirinha por 2-0, na ilha Terceira.

Os lagoenses apontaram o primeiro golo através de Chileno aos 80 minutos tendo Denilson Soares fechado o marcador no primeiro minuto de descontos.

Ambos os jogadores são reforços de janeiro, tendo entrado na segunda parte numa aposta clara do treinador Emanuel Simão para refrescar a frente de ataque.

Em declarações ao Diário da Lagoa, o treinador do Operário mostra-se satisfeito com o desempenho da equipa destacando “a agressividade que metemos no jogo, a intensidade, não deixamos os outros respirar e temos uma grande qualidade de jogo, com jogadores com grande caracter”. Emanuel Simão diz que a “a alma fabril do Operário está a voltar, isso perdeu-se durante uns anos, mas a alma fabril e de guerreiro está a voltar, o que é importantíssimo”.

O clube lagoense tem menos um jogo mas esta vitória permite ascender ao primeiro lugar com os mesmos 17 pontos do Lusitânia e do Desportivo de São Roque.

Na próxima quarta-feira, às 20h30, o Operário joga em casa com o Santiago em jogo de atraso da 1.ª jornada. O técnico do Operário antevê dificuldades: “o Santiago é uma equipa muito aguerrida, conhecemos muito bem a equipa mas vai ser um jogo muito difícil”, assegura.

DL

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário