Log in

Lagoa assinala Dia Nacional de Reabilitação Respiratória com caminhada

© DL

O Serviço de Pneumologia do Hospital do Divino Espírito Santo, em parceria com a Câmara Municipal de Lagoa, irá celebrar o Dia Nacional de Reabilitação Respiratória, no próximo dia 21 de abril, segundo nota da autarquia lagoense.

Neste sentido, será promovida a caminhada“Caminhada pela Saúde Pulmonar” que terá lugar no Passeio Marítimo da Cidade da Lagoa, pelas 10h30.

O percurso terá cerca de 850 metros a iniciar-se na Avenida Vulcanológica (junto à Escola Profissional INETESE e OVGA), em direção ao Clube Náutico da Lagoa, com postos de apoio ao longo do percurso, para que todos, tendo em conta as suas limitações e dificuldades, possam participar em segurança. O percurso terminará no Clube Náutico da Lagoa, com lanche convívio, anuncia ainda a autarquia.

O intuito da iniciativa é alertar as autoridades de saúde e toda a comunidade sobre a “importância da reabilitação respiratória e os ganhos em saúde obtidos ao integrar este programa e o respetivo impacto na qualidade de vida dos doentes e das suas famílias”.

A inscrição é realizada através do link disponível na página do Facebook do Serviço de Pneumologia do HDES, da página do Facebook da Câmara Municipal de Lagoa ou, ainda, através do QR code nos cartazes do evento, ou mesmo, através do telefone do Serviço de Pneumologia do HDES.

Segundo a Câmara Municipal da Lagoa, para os que necessitarem de transporte, o mesmo estará disponível para a realização do percurso entre o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada e o local do evento a partir das 9h30.

Plano Regional de Saúde apresentado sexta-feira

© GRA

O Plano Regional de Saúde vai assentar em 11 programas prioritários e está dividido em quatro partes.

Segundo comunicado do Governo Regional, trata-se de um documento estratégico “que atenta no atual perfil de saúde dos açorianos e faz uma avaliação do plano anterior.”

Para a Secretária Regional da Saúde, “o foco do documento nasce a partir do seu modelo conceptual, com particular destaque para as estratégias a implementar e aos indicadores definidos para cada uma delas, bem como a sua monitorização,” salientando que o plano não será um documento fechado e ” deverá acolher contributos na fase de consulta pública”.

Prevê-se ainda que ao longo da sua implementação haja monitorizações intercalares que poderão contribuir para uma adaptação do documento, de acordo com o comunicado. Após a sua apresentação segue para consulta pública. Completa esta fase, será feita nova submissão da versão final do plano ao Conselho de Governo para que seja aprovado.

O Plano Regional de Saúde será apresentado sexta-feira, 5 de abril na Capela do Solar dos Remédios, em Angra do Heroísmo, o Plano Regional de Saúde.