Log in

Santa Clara sagra-se campeão da Liga 2

© DL

O Santa Clara acaba de sagrar-se campeão da Liga 2 ao levar de vencido o UD Leiria este domingo, 19 de maio, por 2 a 0, no Estádio de São Miguel, perante 7.443 espetadores. A promoção à primeira divisão do futebol nacional já estava garantida, mas para erguer o título a equipa da ilha de São Miguel dependia de si própria.

Depois de uma primeira parte sem golos, o placard só sofreu alteração aos 63 minutos com um golo de Pedro Ferreira. Aos 83 minutos de jogo os açorianos fizeram os adeptos encarnados voltar a saltar nas bancadas do Estádio de São Miguel com o golo de Bruno Almeida.

Os encarnados de Ponta Delgada fecham o campeonato com 73 pontos e deixam o Nacional da Madeira em segundo lugar com 71 pontos, tendo os madeirenses ganho também o jogo de hoje frente ao Mafra por 2 a 0.

Trata-se da segunda vez que o Santa Clara ergue o título de campeão da segunda divisão, tendo o primeiro sido conquistado na época 2000/01.

Esta é a nona vez que o Santa Clara volta à elite do futebol português, o que aconteceu nas épocas de 1999/00, 2001/02, 2002/03, 2018/19, 2019/20, 2020/21, 2021/22 e 2022/23, às quais pode agora acrescentar a de 2024/25.

Santa Clara depende apenas de si para ser campeão

© LIGA PORTUGAL

O Santa Clara garantiu no passado domingo, 12 de maio, a promoção à primeira divisão do futebol nacional. Com o empate sem golos, em Matosinhos, entre Leixões e o AVS da vila das Aves, a equipa açoriana acabou por carimbar o regresso à Primeira Liga antes entrar em campo com o Mafra.

Os encarnados de Ponta Delgada estavam com 67 pontos, mas com vantagem direta sobre o AVS, atual terceiro classificado, agora com 64 pontos, foram para o encontro com a subida garantida.

Às 13 horas (no relógio dos Açores) de domingo a equipa açoriana entrou em campo para defrontar o Mafra, em território continental, tendo resolvido a partida na primeira parte. A vitória começou a ser traçada por Alisson Safira, com um golo logo aos sete minutos, e outro de Diogo Calila, aos 13 minutos. A partida não sofreu mais alteração no placard até ao apito final e o Santa Clara regressou a casa líder do campeonato ao somar 70 pontos na tabela classificativa, à 33.ª jornada da Liga 2.

Também na tarde do passado domingo, o Nacional venceu por 2 a 3 na casa do Tondela. Na ilha da Madeira era momento de celebração, pois o clube madeirense assegurava igualmente a subida ao somar 68 pontos.

Aquele que pode ser o jogo do título da Liga 2 para os açorianos acontece no próximo domingo, 19 de maio, no Estádio de São Miguel, onde o Santa Clara recebe o Leira. Os encarnados de São Miguel dependem apenas de si próprios, porque se vencerem erguem o troféu de campeões, porém, se empatarem ou perderem o título pode seguir para a Madeira, uma vez que o Nacional tem vantagem no confronto direto caso as duas equipas terminem igualadas pontualmente.

Trata-se da nona vez que o Santa Clara garante a presença na elite do futebol português, o que aconteceu nas épocas de 1999/00, 2001/02, 2002/03, 2018/19, 2019/20, 2020/21, 2021/22 e 2022/23, às quais pode agora acrescentar a de 2024/25.

Santa Clara de regresso à elite do futebol português

© LIGA PORTUGAL

O Santa Clara já pode festejar este domingo, 12 de maio, a promoção à primeira divisão do futebol nacional. Com o empate sem golos, em Matosinhos, entre Leixões e o AVS da vila das Aves, a equipa açoriana acaba de carimbar o regresso à Primeira Liga.

Os encarnados de Ponta Delgada têm 67 pontos, mas tem vantagem direta sobre o AVS, atual terceiro classificado, agora com 64 pontos. Os açorianos podem assim fazer a festa antes do jogo com o Mafra que decorre esta tarde, às 14h00 (hora de Lisboa), em território continental.

O Nacional venceu, na casa do Tondela, por 2 a 3 e na ilha da Madeira também há motivos para celebrar este domingo. O clube madeirense assegura igualmente a subida ao somar 68 pontos, na tabela classificativa, à 33.ª jornada da Liga 2.

Trata-se da nona vez que o Santa Clara garante a presença na elite do futebol português, o que aconteceu nas épocas de 1999/00, 2001/02, 2002/03, 2018/19, 2019/20, 2020/21, 2021/22 e 2022/23, às quais pode agora acrescentar a de 2024/25.