Log in

Bombeiros envolvidos no combate ao incêndio no HDES homenageados

© MIGUEL MACHADO/ GRA

Os bombeiros que estiveram envolvidos no incêndio que deflagrou no Hospital do Divino Espírito Santo (HDES) no passado dia 4 de maio, foram homenageados pelo presidente do Governo regional dos Açores, José Manuel Bolieiro.

Na ocasião, o presidente açoriano agradeceu “a todos, sem exceção” pelo trabalho desenvolvido.

“A minha primeira palavra não pode ser outra se não de gratidão e reconhecimento”, declarou o governante, que esteve acompanhado na homenagem pelo secretário regional do Ambiente e Ação Climática, Alonso Miguel.

Elogiando a “dedicação sem reserva” e o “trabalho intenso”, José Manuel Bolieiro vincou a “liderança forte” dos comandantes ao serviço no dia 4 de maio, e lembrou que todos os bombeiros “não pensam em si, pensam no outro, correm risco de segurança própria, o que tem de ser elevado e reconhecido em cada instante”.

Dirigindo-se a dezenas de bombeiros, em Ponta Delgada, o presidente do Governo regional valorizou a “competência, prontidão, diligência e saber” de todos, lembrando ainda vários prémios ganhos nos últimos anos pelos bombeiros dos Açores em competições nacionais e internacionais.

A “capacidade de reação” no incêndio do HDES foi também destacada por Bolieiro, que deixou palavras de incentivo em concreto para os bombeiros feridos após “se entregarem a uma missão” em prol dos açorianos.

Foram retirados “todos os doentes do hospital”, sendo que “nenhum óbito ocorreu, nem sequer ferimentos graves ou qualquer descompensação médica no tratamento interrompido e na perturbação envolvida na deslocação dos doentes”, prosseguiu o governante.

José Manuel Bolieiro reconheceu também que um “conjunto de atores e autores”, entre os quais o Governo regional, associações de bombeiros e autarquias, se deve unir “e partilhar soluções que ajudem, em progresso, a aumentar a justiça, equidade, sustentabilidade e dignidade de missão do bombeiro voluntário” nos Açores.