Log in

Santa Clara, Rabo de Peixe e Lusitânia carimbam apuramento

© ACÁCIO MATEUS

Três das cinco equipas dos Açores que disputaram neste domingo a segunda eliminatória da Taça de Portugal, carimbaram a qualificação para a ronda seguinte que já vai contar com a presença dos clubes que disputam o campeonato da Liga.

O Desportivo Rabo de Peixe foi a primeira equipa a qualificar-se após receber e derrotar o Oliveira do Hospital por 3-2. A tarefa dos comandados de Hélio Oliveira não foi fácil tendo em conta que o adversário reagiu a duas desvantagens no marcador. Os dois golos de João Ventura acabaram por fazer a diferença no resultado.

Suada foi também a qualificação do Lusitânia que jogou praticamente meia-hora em inferioridade numérica na receção aos Marialvas. O golo de Paulo Bessa, apontado aos 90+8 minutos quando já todos aguardavam pelo prolongamento, colocou os leões de Angra do Heroísmo na fase seguinte da competição.

Mais tranquila foi a vitória do Santa Clara no terreno do Ribeirão, mas a superioridade dos encarnados de Ponta Delgada só se fez sentir no segundo tempo, período durante o qual o adversário jogou com menos uma unidade. Paulo Henrique abriu o marcador e Serginho e Miguel Pires sentenciaram o resultado nos últimos dez minutos do encontro.

Pelo caminho ficaram o União Micaelense (goleado por 6-2 no recinto do Moncarapachense) e o Fontinhas (igualmente vergado a uma pesada derrota por 5-0 no terreno do Canelas). Entretanto, e ao contrário do que estava previsto, o Luzense já não vai defrontar o Camacha na próxima quarta-feira pois a equipa da ilha Graciosa anunciou a desistência da equipa de futebol sénior para a temporada 2023/24.

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.